9 lugares para curtir jazz no Rio de Janeiro

O ritmo está em alta na Cidade Maravilhosa e a cada dia surge um lugar novo

Hoje símbolo de sofisticação, o jazz já foi o ritmo do povão em seu país de origem, os Estados Unidos. Tradicional, mas sempre inovador e democrático, aqui no Rio de Janeiro sempre houve uma cena, ainda que tímida.

+ Saiba tudo sobre shows gringos na página especial do ObaOba
+ 10 itens indispensáveis para levar a festivais de música
+ Shows internacionais no Brasil em 2016

Ultimamente, o ritmo está em alta e tem opção para toda a semana, principalmente na Lapa. Sente o groove:

TribOz - Centro Cultural Brasil-Austrália

Em plena Lapa, há um espaço comandado por um australiano que tem atraído cada vez um público mais cativo. Considerada internacionalmente como a casa do jazz no Rio, o TribOz é capitaneado  pelo trompetista Mike Ryan. Recebendo músicos de prestígio mundial, são dois shows por dia, de quarta a sexta-feira, às 18h e às 21h, e sábados às 20h e 21h. O couvert artístico fica entre R$ 15 e R$ 30.

Onde: Rua Conde de Lages, 19 - Lapa

Teto Solar

A casa já é conhecida pelas comidinhas e pelos drinks. Agora, nas noites de terça, rola um jazz de primeira qualidade, com a cantora Alma Thomas e o quinteto do Thiago Trajano. A entrada é grátis.

Onde: Rua Paulo Barreto, 110 - Botafogo

Gilda no Cantagalo

A vista é de tirar o fôlego, para o mar e o Morro Dois Irmãos. Os drinks também são um caso a parte. Mas já que o assunto é jazz, todos os domingos, a partir das 15h, uma atração diferente passa por lá, passeando pelas variadas vertentes do ritmo. A entrada fica entre R$ 15 e R$ 35

Onde: Subida pela rua Sá Ferreira com rua Saint Roman - Morro do Cantagalo - Copacabana

Jazz Out

Outro ponto bacana na Lapa para curtir um jazz contemporâneo é o Hotel Vila Galé. O hotel 4 estrelas tem o salão Vinicius de Moraes e todas as quintas à noite recebe oo Jazz Out, sempre com atrações diferentes. Começa às 19h e custa R$ 30.

Onde: Rua do Riachuelo, 124 - Lapa

The Maze

Hostel e galeria de arte, o local foi eleito por uma revista britânica como um dos 150 melhores locais para curtir jazz no mundo. Como se não bastasse, tem uma vista frontal para a Baía de Guanabara e o Pão de Açúcar e recentemente completou 10 anos de existência. A entrada custa entre R$ 40 e R$ 50 e o som rola todas sextas, às 22h.

Onde: Rua Tavares Bastos, 414/66 - Catete

T.T. Burger

Os saborosos hambúrgueres do chef Thomas Troisgros agora tem trilha sonora. Na unidade do Leblon, todas as quintas, às 20h, a banda Conexão Atlântico vai de Miles Davis a Tim Maia, de graça. 

Onde: Av. Ataulfo de Paiva, 1240 - Leblon

Ganjah Coffeeshop

O lugar é um achado na Lapa. A rua não é das mais movimentadas, apesar de ficar ao lado do clube La Paz. Com comidinhas, cervejas artesanais e vários acessórios, como bongs, pipes e narguile, a loja todas as quintas, às 20h recebe o Ganjazz.

Onde: Rua do Rezende, 76 - Lapa

Jazz da Ouvidor

Para começar (muito) bem a semana, o baterista Guga Pellicciotti e seu trio promovem um happy hour inspiradíssimo no Samba Caffè, totalmente grátis. Começa às 18h.

Onde: Rua do Ouvidor, 23 - Centro

AllBrazz

Também às segundas, mas às 20h, a Zona Norte não poderia ficar de fora! Dividido em dois sets, no primeiro o quarteto toca clássicos de jazz e música brasileira; no segundo, canjas dos convidados. Também de graça!

Onde: AABB - Rua Haddock Lobo, 227 - Tijuca

Atualizado em 11 Ago 2016.

Por Marco Sá
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

6 razões para não perder o festival Electric Zoo Brasil por nada

Esta é a primeira edição do evento que vem direto dos Estados Unidos

Dois em um: 12 lugares que são bar, mas também são balada para conhecer em SP

O melhor dos dois mundos, é isso que a gente quer!

9 festas para aproveitar em São Paulo durante o feriado de Tiradentes

Os melhores rolês para não ficar moscando em casa durante os dias de folga!

6 bares e baladas para curtir a temporada de inverno em Campos do Jordão

A cidade do interior de São Paulo conta com uma programação noturna animada durante o outono/inverno

Beco 203 reabre com nova decoração, mais uma pista e número maior de bares

A casa inaugura nesta sexta, 17, e terá festas com pop, hip hop e outros estilos

Festas inspiradas no Lollapalooza agitam SP antes, durante e depois do festival

Diversas casas noturnas estão com programação especial para o evento!