São Paulo > Fotos > CAMAROTE BAR BRAHMA

Como sempre o !ObaOba não poderia ficar de fora do maior espetáculo da terra, o Carnaval brasileiro.

Desta vez fomos conferir os desfiles das escolas de samba de São Paulo dentro do famoso camarote do Bar Brahma.

Logo na entrada, fomos recepcionados por lindas mulheres que além de dar boas vindas, explicavam o funcionamento do camarote, oferecendo a cada convidado uma caneca de Chopp que servia de refil para os foliões se abastecerem a noite toda.

Para quem aprecia uma regalia com um bom atendimento, o camarote do Bar Brahma era o que todos foliões desejavam para o carnaval. Tudo o que se pode imaginar foi oferecido aos convidados: de achocolatado e sorvete de massa, aos mais variados drinks e comidas. E é claro, chopp, cerveja e caipirinha à vontade! Era a verdadeira noite da fartura.

Nos intervalos das escolas de samba o camarote não parava um segundo, ora agitado por alguma performance, ora agitado por uma banda de axé, pagode, música eletrônica e até a tal famosa Eguinha Pocotó, que na altura do campeonato todos dançavam sem restrição.

Realmente o camarote agradava ao mais variado público, que vibrava a cada passagem de uma escola de samba. Não podemos deixar de citar que a escola mais festejada foi a Gaviões da Fiel que, quando passou na avenida, o camarote todo saiu para ver. Estava realmente um desfile de primeira qualidade.

Muita gente bonita não faltou no camarote, muitas mulheres e homens bonitos paquerando até o sol raiar sem confusão alguma.

Entre os famosos, muitas presenças ilustres como a do jogador Raí que ganhou o prêmio simpatia, pois ficou dançando com todos até a ultima hora no sábado de carnaval.

Além do jogador Raí, muitos jogadores do Corinthians, São Paulo e Palmeiras estiveram presentes no camarote. Passaram por lá também Mauro Naves, Dra. Havanir, os Gêmeos, o ex BBB Rodrigo, Lívia Andrade, Nicole Puzzi, Cacá Rosset entre outras figurinhas carimbadas do carnaval.

A festa não parou nem mesmo depois da última escola desfilar. Um dos pontos mais altos da festa foi quando não havia mais nada na avenida e mesmo assim os foliões continuaram no camarote dançando ao som de vários sucessos dos anos 70 e 80, que só foi interrompido quando o Álvaro, um dos responsáveis pelo evento, foi obrigado a parar o som, pois o pessoal da organização precisava arrumar o local.

Recomendo a todos vocês ano que vem....2004 está aí. Vejo vocês no desfile das campeãs.

Abraços,
Alexandre Virgílio

Comentários

DESTAQUES DO OBAOBA