Sexo no Cinema

Confira algumas cenas que fazem o clima esquentar!

A famosa cena do gelo de 9 ½ Semanas de Amor
A famosa cena do gelo de 9 ½ Semanas de Amor (Créditos: Divulgação)
Portman e Kunis protagonizam cena quente em Cisne Negro
Portman e Kunis protagonizam cena quente em Cisne Negro (Créditos: Divulgação)
O polêmico e realista Anticristo, de Lars Von Trier
O polêmico e realista Anticristo, de Lars Von Trier (Créditos: Divulgação)

Romântico, com direito a flores e aromas, selvagem, daqueles que deixam marcas, intenso, apimentado, uma rapidinha, à força, a dois, a três, na cama ou em lugares proibidos. Sempre que aparece nas telonas (ou na TV de casa), o sexo provoca sentimentos mais diversos nos espectadores, seja em cenas mais sutis ou naquelas capazes que causar rubores e excitação.

Duvida? Então confira nossa seleção, organizada em ordem cronológica, com alguns dos momentos mais calientes que pintaram nas telonas!

O Último Tango em Paris (1972)


Censurado em vários países e causador de muita polêmica, o drama franco-italiano de Bernardo Bertolucci dividiu público e crítica ao trazer Marlon Brando e Maria Schineider em representações de sexo explícito. Entre elas, a tão comentada cena da manteiga, quando o personagem de Brando utiliza o produto como lubrificante durante uma penetração anal.

9 ½ Semanas de Amor (1986)


Com boas doses de erotismo, o filme de Adrian Lyne traz o relacionamento repleto de jogos sexuais entre os personagens de Kim Basinger e Mickey Rourke. Entre as brincadeiras, as famosas cena do gelo (na qual ele venda a mulher e desliza uma pedra de gelo por seu corpo, intercalando com beijos) e da orgia gastronômica no chão da cozinha (que, claro, termina em sexo).

Pecado Original (2001)


Refilmagem de Sereia do Mississipi, de François Truffaut (1969), o filme de Michael Cristofer rendeu à bela Angelina Jolie uma indicação ao Framboesa de Ouro na categoria pior atriz. Mas se o enredo não é lá essas coisas, o longa pode valer pelo intenso e bem realista encontro carnal entre a mulher de Brad Pitt com Antonio Banderas. 

O Segredo de Brokeback Mountain (2005)

Heath Ledger e Jake Gyllenhaal protagonizam o famoso romance dramático homossexual dirigido por Ang Lee. Na narrativa, os dois jovens se conhecem num verão e, isolados durante semanas, eles desenvolvem uma grande amizade, que evolui para atração, culminando na tão comentada cena da barraca. Há quem torça o nariz, mas que é quente, isso é!

Anticristo (2009)


Polêmico (como não poderia deixar de ser um trabalho de Lars Von Trier), o drama psicológico abalou a crítica e os espectadores com cenas realistas de sexo e violência. Pelo prólogo do filme, dá pra ter uma ideia do que esperar da produção que rendeu o prêmio de melhor atriz em Cannes a Charlotte Gainsbourg.

Cisne Negro (2010)


Darren Aronofsky é o responsável por mais um thriller psicológico com momentos quentes entre seus personagens. No enredo, Nina (interpretada por Natalie Portman), é capaz de tudo para conquistar o posto de primeira bailarina na companhia. Entre momentos de lucidez e confusão mental da bela obcecada, a pegada entre Portman e Mila Kunis pode ser considerada uma das cenas quentes do longa.

E aí, lembrou de mais alguma?

Comentários