Confira quais são as 9 tradições de Ano-Novo mais comuns e seus significados

Usar roupa branca, tomar vinho e guardar as sementes de romã: descubra o significado dessas e outras mandingas

Chega o Réveillon e a proposta é sempre a mesma: começar o ano renovada, cheia de boas energias e mudanças. Para isso, tem muita gente que recorre a mandingas e seguem tradições que prometem sorte, amor, dinheiro e por aí vai. Mas você realmente sabe o significado de todas elas? 

Se não sabe, a gente ajuda. Veja as tradições mais comuns de Ano-Novo:

1. Presentear Iemanjá


Shutterstock

Flores, sabonetes, velas ou qualquer outra oferenda a Iemanjá na virada do ano faz com que todos os problemas sejam levados ao fundo do mar, e devolvidos em forma de ondas, resultando em sorte para o ano que está por vir.

2. Romã


Shutterstock

Coma sete sementes de romã e guarde-as com você na carteira até o próximo Réveillon se estiver visando dinheiro. O número sete é muito importante quando você faz simpáticas, pois além dos sete chacras, ainda tem sete dias da semana.

3. Lentilha


Shutterstock

Diferente do que muitos pensam, a lentilha não simboliza a vinda de dinheiro, e sim fartura. Se você visa ter um ano farto e com muita comida, uma colher de lentilha na ceia de Ano Novo promete ser tiro e queda – uvas e avelãs também são consumidas para pedir fartura.

4. Pular sete ondas 

Resultado de imagem para pular sete ondas gif
Reprodução

Nunca entendeu de onde veio essa história de pular sete ondinhas? Segundo os gregos, o mar tem um poder espiritual e pode renovar nossas energias, mas foram os africanos que trouxeram à tona a tradição de pular as ondas. E por que sete? É um número espiritual e, ao pular as ondas, você invoca Iemanjá, que dá forças para passar por cima das dificuldades do ano que está por vir.

5. Roupa branca


Reprodução Youtube / Giphy

A tradição de usar roupa branca no Réveillon veio das tribos africanas, que usavam trajes brancos - que significa paz e purificação espiritual -, para homenagear Iemanjá na virada do ano.

6. Vinho Espumante


Shutterstock

Nas religiões cristãs, o vinho é considerado sabedoria e vida. E por serem feitos com uvas, acredita-se que traz sorte e prosperidade para o novo ano. E é importante lembrar de sempre consumir em taças de cristal, pois a mesma purifica as energias espirituais.

7. Evitar consumo de aves


Shutterstock

Os supersticiosos acreditam que na noite do Ano Novo não se deve consumir galinhas ou frangos, por exemplo, pois elas ciscam para trás e isso significa atraso na vida. Aposte em carne de porco ou peixes que se movimentam sempre para frente, e acreduta-se que tragam prosperidade.  

8. Frutas secas ou cristalizadas


Shutterstock

Figo, pêssego, ameixa, damasco e maça, por exemplo, significam sorte e fartura para o próximo ano.

9. Lingerie colorida


Shutterstock

A cor que você usa tanto no Réveillon, como em qualquer dia do ano, reflete na sua vida SIM. É que a cromobiologia estuda o significado das cores e como elas afetam a vida humana, e revela que, quando as cores são captadas pelos olhos, transmitem para o cérebro impulsos que resultam em mudanças comportamentais na sua vida.

Atualizado em 29 Nov 2016.

Por matita iazzetta
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

14 rolês noturnos que todo paulistano precisa fazer pelo menos uma vez na vida

Experimentar a sala Drive-In da Caixa Belas Artes, cantar em um karaokê da Liberdade, aproveitar um happy hour na Vila Madá e por aí vai

8 produtos que vão te ajudar a fazer seu próprio spa day em casa

Pra um dia relaxante e cheio de cuidadinhos especiais, coisa que todos nós merecemos

10 fantasias do Carnaval 2017 que provam que o melhor do Brasil realmente é o brasileiro

Quanta criatividade, né gente?!

Mais de 16 produtos hilários que você vai querer comprar para o seu animal de estimação

Aquele agradinho que seu catioríneo, gatíneo ou qualquer que seja o animalzíneo merece!

7 dicas preciosas pra não entrar pra estatística do "fui roubado" neste Carnaval

Boas gambiarras pra não perder, além da dignidade, seus bens materiais

10 espaços urbanos que foram transformados em áreas de lazer em SP

São Paulo está cada vez mais sendo "ocupada" com esse propósito - e as festas e pontos de encontro passam a ser na rua!