Cinco adaptações pra lá de modernas de Contos de Fada em filmes

Chapeuzinho Vermelho, Alice no País das Maravilhas e outros contos ganharam releituras

Toda criança cresceu ouvindo contos de fada, morrendo de medo dos terríveis vilões, suando frio a cada empreitada, e, não importa quantas vezes a gente ouvisse a mesma história, ainda torcia pela mocinha e não descansava enquanto não ouvia o "felizes para sempre".

+ Veja 15 filmes clássicos da sessão da tarde
+ Sete filmes teen baseados em clássicos da literatura
+ Filmes para assistir embaixo do cobertor

Os contos de fada, originários em grande parte da Idade Média, contados oralmente, tiveram a maioria das suas histórias adaptadas para a classificação infantil pela Disney e se popularizaram mundialmente.

As histórias, todo mundo conhece, mas nos últimos anos elas vem sendo adaptadas, criando versões modernas e que caiam no gosto do público adolescente. Princesas indefesas, príncipes encantados, e fragilidade inocente vem dando lugar a mocinhas que vão à luta, os anões ladrões e príncipes nem tão perfeitos assim.

Confira nossa lista de filmes inspirados e adaptados de contos de fada:

1. Espelho Espelho Meu (Mirror Mirror) - 2012 - Tarsem Singh

O longa, que explodiu a carreira de Lily Collins (filha de Phil Collins), apresenta uma versão diferente de A Branca de Neve. A moça no filme é um pouco Robin Hood: foge do castelo quando descobre que a madrasta rouba os impostos do reino, é treinada por uma trupe de anões-ladrões, tira sarro do príncipe encantado e devolve a grana da cidade. Julia Roberts interpreta a madrasta. Com algumas mudanças no roteiro, a história dá lugar a uma Branca de Neve independente, feminina e destemida. Bafo: a garota se formou em Harvard antes de seguir carreira no cinema.

2. A Garota da Capa Vermelha (Red Riding Hood) - 2011 - Catherine Hardwicke

O conto da Chapeuzinho Vermelho se transformou num suspense protagonizado pela (linda) Amanda Seyfried. A história se passa num vilarejo amedrontado pela ameaça de um lobisomen, com quem eles mantêm uma trégua frágil. Quando a trégua é quebrada pelo lobo, começa uma caçada que envolve bruxaria, tortura, sangue e ação. A protagonista é outra mulher forte, destemida e corajosa. Destaque para a trilha sonora do filme, e a fotografia, muito bem trabalhadas. 

3. Alice no País das Maravilhas (Alice In Wonderland) - 2010 - Tim Burton

Com direção de Tim Burton, adaptando a segunda (e bem menos conhecida) parte do conto de Alice, o filme trata da volta da protagonista ao País da Maravilhas. O destaque principal do filme são o combo figurino+maquiagem e os efeitos especiais, que fazem o espectador realmente se perder no mundo mágico. Mia Wasikowska faz Alice, o parceiro do diretor, Johnny Depp é o Chapeleiro Maluco e Anne Hathaway e Helena Bonham Carter dão conta das Rainhas Branca e Vermelha.

 4. A Fera (Beastly) - 2011 - Daniel Barnz

 

Vanessa Hudgens é a Bela, nesta adaptação para a vida moderna de A Bela e a Fera. Em Nova York, um moço muito bonito, rico e arrogante é amaldiçoado (por algo que parece uma versão meio gótica, meio bruxa da Ke$ha) e se transforma numa... coisa. Muito feio, cheio de marcas, ele tem um ano para alguém se apaixonar por ele, do contrário, ele ficará assim para sempre. Com a ajuda de um professor cego, ele vai entender o real significado do amor, da conquista, mas dá de cara com outro problema, a garota odeia seu "antigo eu". E agora?

5. Branca de Neve e o Caçador (Snow White and the Hunstman) - 2012 - Rupert Sanders

Mais uma adaptação do conto, que merece destaque. Com a queridinha de Crepúsculo, Kristen Stewart no papel principal, Branca de Neve, desta vez, é um pouco Joana D'Arc. A garota envolve-se numa luta armada contra a Rainha, sobrevive à floresta escura, recheada de criaturas místicas, escuridão, personagens mágicos e, escondida em suas profundezas, uma clareira do bem. A madrasta, interpretada por Charlize Theron, é terrivelmente viciada em beleza e juventude, e passa mais da metade do filme submetendo-se aos mais diferentes tratamentos. Ao lado de Chris Hemsworth (Thor), ela vai lutar pela liberdade do povo. Outro destaque de efeitos especiais e fotografia.

BÔNUS: Jack - O Caçador de Gigantes (Jack the Giant Slayer) - 2013 - Bryan Singer

Jack, interpretado por Nicholas Hoult (o Tony, de Skins), abre, por meio de feijões mágicos com magia negra, um portal entre o nosso mundo e o de gigantes terríveis, reiniciando uma guerra antiga. Lutando por um reino, seu povo, e pelo amor de uma corajosa princesa aprisionada por gigantes, Jack se junta a um exército de cavaleiros. O filme é uma releitura de João e o Pé de Feijão.

Atualizado em 20 Mai 2014.

Por Julia Bueno
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

15 curiosidades sobre "3%", primeira produção totalmente brasileira da Netflix, que vão te deixar com vontade de assistir à série

O seriado estreou na última sexta-feira, 25 de novembro

7 motivos empolgantes para não perder a Comic Con 2016

O evento geek acontece de 1 a 4 de dezembro no São Paulo Expo

11 filmes da Netflix para se desidratar de tanto chorar

Prepare o seu chocolate e sua caixa de lenços

7 séries de demônios e espíritos do mal para assistir morrendo de medo

Seriados que misturam terror, suspense e possessão! Quem gosta?

20 séries que estreiam na Netflix em 2017

Novas temporadas, histórias, muita Marvel e motivos pra ficar em casa curtindo o serviço de streaming

7 séries que marcaram a adolescência dos anos 90 e que você pode rever na Netflix

Muitas e muitas temporadas para você assistir e relembrar! <3