Conheça mais sobre o Circo dos Horrores, aposta do seriado American Horror Story

A série vai abordar diversos artistas que fizeram parte do freak show.

O circo dos horrores ficou conhecido entre os anos de 1930 e 1940 e um dos maiores apresentadores da época era o explorador Phineas Taylor Barnum, dono do maior freak show que já existiu, o bizarro Ringling Bros. and Barnum & Bailey Circus.

+ Confira as novidades da 4ª temporada de American Horror Story 
Os novos seriados que você tem que assistir 
10 músicas marcantes dos seriados  

Através de grandes calúnias e se aproveitando da deficiência de muitas pessoas, Barnum se tornou milionário e conhecido por todo o mundo. Por mais terrível e aproveitador que ele fosse, muitas das vezes as ''atrações'' do circo estavam ali por ser a única fonte de renda possível para eles, já que muitos eram abandonados por suas famílias.

Atualmente ainda existem freak shows, mas as atrações se resumem a pessoas que engolem pregos, cospem fogo e anões, nada tão terrível como anteriormente.

Entre as grandes apresentações feitas pelo circo dos horrores de Barnum do palácio de Bukingham para a rainha Elizabeth é uma das mais conhecidas pelo fato do poodle da realeza ter atacado Napoleão, o ''homenzinho'' do circo.

Respeitável público, agora chegou a hora de conhecerem algumas das atrações mais bizarras que já passaram pelo picadeiro! Preparem-se:

Schlitzie Surtees

Um dos ''freaks'' mais conhecidos dentro do circo dos horrores! Nascido com uma doença chamada microencefalia, um problema neurológico que deformava sua cabeça deixando-a menor que o tamanho do corpo, ele contracenou no popular filme de Tod Browning: ''Freaks'', além de se apresentar no circo de Barnum. Schlitzie era homem, mas para que parecesse ainda mais bizarro, Browning vestiu-o de mulher e desde então ele sempre apareceu assim em público.

Eko & Iko

Conhecidos por serem negros albinos, os irmãos foram sequestrados de sua mãe para se tornarem atração no circo dos horrores. Em 1922 eles passaram por diversos circos e viviam de uma forma lamentável, não recebiam nada em troca as apresentações, apenas um prato de comida e um quarto imundo para viver. Eles foram conhecidos por diversos nomes, entre eles ''Os Homens De Marte'', ''Homens Cabeça de Ovelha'' e ''Canibais Equatorianos''. Tudo mudou quando sua mãe os reconheceu em uma apresentação e ordenou que o circo os libertasse, caso contrário processaria eles. Em 1928 eles retornaram ao freak show, mas dessa vez com um contrato milionário.

Frank Lentini

Ainda bebê foi abandonado por sua famíla que não quis reconhecê-lo como filho devido às suas anomalias, já que Frank possuia três pernas e dois orgãos genitais. Quando Lentini procurou a ajuda de médicos para resolver seus problemas, eles disseram que não seria possível, caso contrário poderia ficar paralítico ou até morrer. Aos 9 anos, ele foi levado do orfanato onde vivia para se apresentar no circo dos horrores e fez grande sucesso em um quadro chamado ''O Jogador de Futebol de Três Pernas'' onde fazia as pessoas rirem pela sua maneira desengonçada de andar. Ao contrário de muitos ''freaks'', Lentini era orgulhoso de sua terceira perna e encarava essa anomalia como uma vantagem.

Mademoiselle Gabrielle

Era conhecida por ter nascido apenas com a parte de cima do corpo e ficou famosa em diversos freak shows. Gabrielle nunca deixou ninguém rebaixá-la e se considerava uma mulher por inteiro mesmo tendo apenas metade do corpo. Ela se casou duas vezes durante sua vida, estava sempre seduzindo os homens com o seu charme.

 

Ella Harper

Com uma má formação ortopédica, Ella ficou conhecida por conseguir dobrar as suas pernas para trás como um avestruz. Essa condição de genética era raríssima e por Harper preferir andar de quatro, acabou ficando famosa pelo apelido de ''mulher camelo''.

 

Grady Stilles

O famoso ''garoto lagosta'' nasceu de uma família que passou por problemas de deformidade durante diversas gerações. A deficiência consistia em ter os dedos das mãos e dos pés todos grudados, de forma que realmente se pareciam como o de uma lagosta.

Lionel

Ficou mundialmente conhecido como o menino leão por um problema em sua genética onde pelos cobriam grande parte do seu corpo, deixando de fora apenas a palma das mãos e pés. 

Atualizado em 19 Set 2014.

Por Juliane Romanini
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

16 filmes com cachorros para você morrer de rir (ou chorar)

Dos livros para o cinema: 11 obras literárias que vão virar filme em 2017

Dos best-sellers aos títulos menos comentados, a lista está cheia de surpresas!

6 filmes de super-heróis que queremos assistir nos cinemas em 2017

De "Logan" a "Liga da Justiça", confira os lançamentos do gênero

10 séries com apenas uma temporada que você VAI querer continuar assistindo

É praticamente impossível não querer ficar ligado nos próximos episódios!

10 filmes que fazem 10 anos em 2017 (para você se dar conta de que está ficando velho)

Para ver e se sentir velho!

Confira os lançamentos de filmes e séries no Netflix para o mês de janeiro