São Paulo > Música > Bandas que vão tocar no Lollapalooza 2014 e que você precisa conhecer

Bandas que vão tocar no Lollapalooza 2014 e que você precisa conhecer

Para pagar de sabido musical e fazer bonito na frente dos seus amigos

E vem aí mais um Lollapalooza para fazer com que você finja que entende de tudo e mais um pouco sobre as bandas que virão se apresentar em solo brasileiro nos dias 05 e 06 de abril, em Interlagos.  

+ Saiba tudo sobre shows gringos na página especial do ObaOba
+ 10 itens indispensáveis para levar a festivais de música
+ Veja mais shows que rolam essa semana em São Paulo


Mas se você ainda não decidiu quais bandas serão as suas favoritas nos próximos meses e já manja dos medalhões que estão escalados para os palcos principais, o ObaOba selecionou algumas novidades que vão fazer você parecer bem entendido de música, bem como vão abastecer a sua ânsia por novos talentos. Confira:

5 de abril - Dia 01

Lorde

Poderíamos colocar a Lorde aqui por conta do recente hype que pairou em cima da moça, mas podemos afirmar que o sucesso dela é muito mais do que merecido – e provavelmente não será passageiro. “Royals”, o hit que colocou a cantora no topo do Hot 100 da Billboard , é uma das melhores músicas lançadas em 2013, sem contar o restante do seu recente álbum. Com apenas 17 anos, não sabemos se a jovem aguenta a pressão de um palco sozinha e com apenas um grande hit, mas apostamos que sim.

Flux Pavilion

Joshua Steele é um produtor que desde 2008 vem botando a sua cara no cenário eletrônico. O nome que ele usa para promover o seu incrível trabalho é Flux Pavilion e o apreço que o jovem tem é gigante. Tanto na dance music quando no dubstep, as produções do jovem estão sempre entre as primeiras posições nos charts especializados, o que é um claro reflexo do empenho de Flux em realizar uma justa troca de energia com o público. Não deixe de ouvir os hits “Bass Canon”, “I Can’t Stop” e “Do Or Die”, além de “Without You”, da parceria com Tottaly Enormous Extinct Dinosaurs.

Flume

De uns anos pra cá, a Austrália vem abastecendo o mundo com boa música e uma efervescente e respeitada cena eletrônica. Desta cena conseguimos destacar um nome em especial: Flume. Com impecáveis e pesadas linhas de baixo e produções livres de estilos, mas sem perder a qualidade, o jovem produtor lançou recentemente um álbum homônimo, que em sua edição deluxe conta com 34 faixas. Outro destaque é sua parceria com o cantor Chet Faker, que rendeu o EP Lockjaw, porém, não sabemos se essas tracks estarão em sua apresentação. 

Kid Cudi

Ok, ok, sabemos que o Kid Cudi não é nenhuma novidade, mas se você não conhece nem um pouco da carreira do rapper, está mais do que na hora de correr atrás do prejuízo. Em 2008, quando surgiu no mercado, “Day’n’Nite” se tornou um hit instantâneo, recebendo os mais diversos remixes e catapultando sua carreira. Logo na sequência, a excelente “Persuit of Happyness”, em parceria com o MGMT firmou o nome de Kid Cudi entre as maiores promessas do hip hop. Desde então, seu nome saiu um pouco dos holofotes, mas suas rimas continuaram a surgir em bons discos como Indicudi, seu mais recente trabalho.

Vespas Mandarinas

Talvez o Vespas Mandarinas seja uma das bandas mais legais que surgiram no Brasil nos últimos anos. Com apenas um álbum lançado e uma indicação ao Grammy na bagagem, a banda conta com letras cheias de atitude, algo semelhante ao que tivemos nos anos 80 por aqui. Se você sente falta de bandas de verdade tocando músicas de verdade no rock brasileiro, talvez seja a hora de conhecer o Vespas.

6 de abril - Dia 02

Ellie Goulding

Se você for uma menina adolescente que tem aquele pezinho na rebeldia, mas não curte a Miley Cyrus, talvez seja uma boa hora para conhecer a Ellie Goulding. Tá, ela não é rebelde, mas se você busca identificação com uma semi-diva, provavelmente ela é a pessoa certa para você se espelhar. Bem relacionada, ela já namorou com o Skrillex, deu uns malhos no Calvin Harris e tem participações em músicas de ambos. Com seu ex, a excelente “Summit” é um dos destaques do EP Bangarang. Já com Harris, a grudenta “I Need Your Love” dá conta do recado. Sozinha ela é dona de hits como “Lights” e “Burn”, que você já deve ter ouvido por aí. 

Baauer

A não ser que você tenha passado 2013 em um coma profundo, o nome Baauer nunca esteve presente em sua mente. Caso contrário, o “Harlem Shake” deve ter feito este favor na sua vida. Pra quem não sabe, o hit por trás do viral é de autoria do produtor americano que se apresenta no segundo dia do festival. Além do seu maior sucesso, Baauer também é resonsável por tracks como “Higher”, com Just Blaze, “My Nose”, “You & Me”, em um remix para o duo Disclosure, e outras grandes tracks, remixes e sets disponíveis em seu Soundcloud. 

The Bloody Beetroots

Ainda por volta de 2008, se nesta época você estava fritando em alguma balada por aí, muito provavelmente o som que te embalava era “WARP”, da parceria entre o italiano Sir Bob Cornelious Rifo – o homem pro trás da máscara negra – e Steve Aoki. Cornelious, atualmente, é dono de grandes músicas, realizadas em parcerias um tanto quanto improváveis, como na faixa “Out of Sight”, como o ex-Beatle Paul McCartney. 

AFI

Ainda revirando o passado, se o espírito do hard core ainda está no seu corpo e seu coração pulsa com o ritmo rápido, muito provavelmente você seja um fã largado do AFI. A banda está na ativa desde 1991 e tem em sua carreira uma infinidade de sucessos. Sua sonoridade já foi um tanto quando semelhante a bandas como Misfits, mas hoje em dia, oito discos depois, a pegada é mais comercial.

FTampa

“Kick It Hard” é um dos melhores electros lançados em 2013, faz parte do set do top DJ Hardwell e o melhor, tem o selinho “made in brazil” em sua embalagem. FTampa é o dono da track e além dessa, várias outras fazem parte do set do DJ e produtor mineiro, que cada vez mais se destaca no cenário mundial de EDM e representa muito bem as nossas cores lá fora. Alguma dúvida de que seu set será monstruoso no Lolla?

Rodrigo Guarizo redator(a)

Comentários

DESTAQUES DO OBAOBA