São Paulo > Baladas > Boogie Disco

Boogie Disco

A casa reabre as portas em São Paulo com conceito "disco" em sua programação: com o melhor dos aos 80, 90 e 2000 na pista

Última Publicação 19/09/2016

INFORMAÇÕES DO ESTABELECIMENTO

Capacidade: 800

Cartões: visa, mastercard, dinners

Estacionamento: não possui

Horário: Sextas e sábados, das 22h até o último cliente.

LOCALIZAÇÃO E ESTACIONAMENTO NA REGIÃO

A Boogie Disco, casa noturna inaugurada nos anos 2000 e que agitou a noite paulistana durante 12 anos, volta a abrir suas portas em São Paulo no mesmo lugar de antes, na Vila Olímpia. A casa, que hoje está totalmente repaginada, traz o disco concept em sua programação - com o melhor da música dos anos 80, 90 e 2000. A essência de discoteca ainda faz parte da proposta da balada, que reinaugura agora no dia 21 de setembro (só para convidados) e no dia 24 de setembro (para o público).

O espaço passou por 8 meses de reforma para se modernizar e atender melhor ao público. Os antigos globos espelhados e paredes prateadas que completavam a temática flashback, hoje dão lugar a uma decoração mais sóbria e elegante, com amplo hall de entrada, duas àreas externas, ampliação da pista de dança e 12 camarotes modulares distribuídos em torno desta. No mezanino, serão outros quatro camarotes premium e uma área VIP com cinco camarotes e área ao ar livre exclusiva.

Para garantir a discotecagem, o club apresenta seus três DJs residentes: Fernando Younis (um dos sócios fundadores e eleito por duas vezes o melhor DJ de São Paulo), André Ponciano (da rádio Energia 97 FM, do programa Night Sessions) e Marcelo Barres (DJ amplamente conhecido na Disco Music).

No cardápio, as finger foods são a grande aposta, como mini-hamburguinhos (R$ 32 – 6 unidades), croquetes de cordeiro com geleia de hortelã (R$ 32 – 10 unidades) e os cubinhos de tapioca com queijo coalho e melaço de cana picante (R$ 24 – 10 unidades). Os drinks clássicos da casa, como o Ice Kiss e a Boogie'rinha, voltam a fazer parte do bar nessa reabertura.

O público que frequenta a casa é fiel e tem entre 30 e 45 anos.

Comentários

DESTAQUES DO OBAOBA