Festivalma 2012: um rolê praiano em noite de Libertadores

Shows de Current Swell e Projota animaram público alternativo da Bienal

Na quarta-feira de decisão para os amantes do futebol, a cidade de São Paulo parecia mais caótica do que de costume, mas nada suficiente para impedir a apresentação da banda canadense Current Swell e do rapper Projota no primeiro dia do Festivalma 2012.

Com um público muito menor do que nos anos anteriores e uma notável queda no apoio dos patrocinadores, o festival não teve tantas atrações no quesito moda, arte, fotografia e design, mas em relação à música os shows não deixaram a desejar. Além disso, com surfistas e músicos circulando pelo lugar ainda mais à vontade do que nos outros anos, teve até gente que aproveitou para "filar" cerveja dos integrantes do Current Swell.

Os canadenses foram os primeiros a subir ao palco, pontualmente às 20h. Com músicas que caíram no gosto até de quem não conhecia o som deles, a banda começou o show com “Coming Home” e “Room of the Faded Moon”, mas só conseguiram empolgar os avessos ao futebol num coro coletivo com “Stomach”, uma das principais faixas do primeiro disco, e depois com “Young and Able”.


Veja mais fotos do Festivalma 2012 em São Paulo

Entre as várias canções tocadas pelo Current Swell, vale destacar “Cursed”, onde o vocalista Scott Stanton tocou guitarra havaiana e deu um boa animada na galera. Já com “Too Cold” e “I Want a Bird”, bem mais sossegadas, a vibe mudou novamente. Como o show acabou às 21h15, e o jogo entre Corinthians e Boca Juniors ainda não havia começado, uma boa parte do público foi embora antes da segunda atração da noite - o rapper Projota.

No meio dos resistentes, um cidadão chamou atenção. O engenheiro Daniel Gasparini, 23 anos, conseguiu uma proeza: na malandragem, abordou cada um dos quatro integrantes do Current Swell e foi enchendo o seu copo com a cerveja dos músicos. "Eles podem pegar as latinhas de graça, não custa nada!", declarou o figura.


Daniel convencendo Davers Lang a dar sua cerveja                                      Créditos: Flávia Jacob

“Achei o show muito bom, os caras são tipo o Hanson do underground [risos]. Sou fã deles há uns três anos e tenho todos os CDs. Provavelmente vou voltar amanhã, já que eles disseram que vão tocar novamente e posso entrar de graça. Aí tenho que aproveitar”, contou.

Voltando ao show do Projota, o MC da zona norte de São Paulo iniciou sua apresentação com um freestyle sobre o mundo do surfe, fazendo rimas com Jack Johnson, bermuda e praia. Entre uma rima e outra, os fãs vibraram com as músicas “Pode Se Envolver”, “Véia”, “O Poeta” e “Mulher”. Porém, a parte mais legal do show foi quando o rapper chamou seu filho para subir ao palco e fez uma improvisação com pegada motivacional para o garoto. Falou de educação, futuro profissional e comoveu os presentes, entre eles, uma funcionária da limpeza, que deixou escapar umas lágrimas.

Depois de brejas filadas e momentos mais emocionantes, a galera que aprecia o estilo de vida praiano foi pra casa satisfeita. Nesta quinta-feira, (5/7), com os corintianos felizes com o título da Libertadores, acontece o segundo dia do festival. Entre as atrações, o show da banda paulista Seu Bené e do campeão de skate e surfista Øystein Greni, líder do power trio norueguês Bigbang.

Atualizado em 20 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Avião que dá volta volta ao mundo em uma única viagem tem passagens de R$ 500 mil

A viagem dura 26 dias e passa por oito países - tudo isso a bordo de um avião de luxo

Conheça Colonia del Sacramento, a Paraty do Rio da Prata

Lastarria x La Boca: saiba mais sobre os bairros mais famosos de Santiago e Buenos Aires

Dois roteiros imperdíveis nas cidades chilena e argentina

Cataratas do Niágara vistas pelo mundo através da ficção

Superman, Piratas do Caribe e outros filmes onde a paisagem virou cenário.

6 baladas inusitadas na noite de Berlim e Amsterdã

Conheça os points agitados e descolados que você não pode deixar de conhecer.

Porto de Barcelona é o 4º mais importante no setor de Turismo

O porto de Barcelona é um dos mais requisitados do mundo pelos cruzeiros marítimos