15ª Feira e Artes da Vila Pompéia

A melhor coisa dessa época, quando vem chegando o mês de junho (e as festas juninas), são as feiras que rolam em diversos bairros de São Paulo. A primeira já está marcada e será esse domingo, na Vila Pompéia, mais precisamente nas ruas Caraibas, Padre Chico, Maringá, Tucuna, Ministro Ferreira Alves e Xerentes.

O evento, que acontece desde 1988, contará com 3 parques infantis, muito artesanato, barracas de alimentação e recreação, além de 8 palcos musicais, com 160 bandas, de jazz à forró se apresentando a partir das 10 horas da manhã.

Um dos palcos mais concorridos é o de forró - o Palco Popular do KVA. O agito começa com a original Orquestra N´Zinga de Berimbaus, formada pelos alunos do grupo N´Zinga de Capoeira Angola. Logo depois, às 11h, aula aberta de forró para quem quiser aprender ou praticar.

As atrações do palco continuam mais tarde, às 17h, com o Batuntã, grupo de Maculelê, que toca no meio do público. Enquanto isso, o forró rola solto com a banda Os Alegres do Nordeste e os trios Juazeiro, Cristalino, Araripe e Marrom.

Atualizado em 19 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Aplicativo lança serviço de passeios para pets com funções de agendamento e monitoramento do trajeto

A DogHero ainda seleciona as melhores pessoas para cuidar do seu cãozinho com muito amor

10 produtos criativos e inovadores que vão revolucionar a sua vida

De tênis que amarra sozinho a canudo de vidro e acessórios impressos em 3D

5 escritores contemporâneos para seguir nas redes sociais e se inspirar

Sentimentos, crises, autoestima e amor próprio são alguns dos temas que

10 livros autobiograficos incríveis para se inspirar na vida de pessoas maravilhosas

Atores, cantores e personalidades colocam a cara à tapa para contar suas trajetórias pessoais e profissionais

9 contas divertidas para alegrar o seu feed do Instagram

Perfis engraçadinhos, bonitos e até inspiradores para deixar o dia mais leve

9 livros que estão em alta para incluir na sua lista de leitura

De autobiografias a crônicas, poemas e obras que viraram filme