Chil Out

Sabe aquele momento em que você já pulou horas a fio, ao som eletrônico, e bate aquela canseira? Muitos não sabem, simplesmente continuam no pique e vão em frente, pois ainda resta o Chill Out.

Se você ainda não ouviu esse termo, está totalmente por fora do que está acontecendo na noite brasileira! O Chil Out é a hora em que as pessoas reúnem todas as energias que restam em seus corpos para manterem-se em pé por mais alguns momentos e/ou até mais um dia.

Uns preferem nem ir à balada afterhours - das 4 horas da madrugada às 7 da manhã - que antecede o Chill Out e acordam às 6 horas da manhã para ir ao "bota-fora". É o que está acontecendo nas manhãs do Susi in Transe, Club no centro de São Paulo. O agito começa logo de manhã e vai até o começo da noite!

Muitas casas noturnas contam com um lounge para a galera que estiver mais cansada poder dar uma relaxada, como acontece na maioria das raves também.

O Chill Out tornou-se de tal forma um hábito entre esses personagens da noite, que a idéia espalhou-se, incorporando-se à prática comum de freqüentadores de clubs sedentos por música e excitação.

Atualizado em 19 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

10 livros autobiograficos incríveis para se inspirar na vida de pessoas maravilhosas

Atores, cantores e personalidades colocam a cara à tapa para contar suas trajetórias pessoais e profissionais

9 contas divertidas para alegrar o seu feed do Instagram

Perfis engraçadinhos, bonitos e até inspiradores para deixar o dia mais leve

9 livros que estão em alta para incluir na sua lista de leitura

De autobiografias a crônicas, poemas e obras que viraram filme

10 presentes diferentes para agradar o mozão no Dia dos Namorados

Pra fazer bem bonito nesta data especial e aumentar a barrinha do amor através de alguns mimos

6 dicas infalíveis para se sair bem na arte de paquerar no Instagram

Já que a rede social está ali disponível e dando bobeira, partiu flertar online

Brilho sustentável: conheça 4 alternativas ecológicas para o uso do glitter no Carnaval

Atenção foliões: saiba como substituir o glitter feito de microplásticos por um que não agrida o meio ambiente!