Diário da DJ Kammy

O Início ...

Minha chegada na Europa se deu de forma tranqüila. Após 12 horas de vôo e mais 1 hora de carro cheguei na primeira cidade onde eu tocaria, no dia 13 de maio.

Aalst é uma cidade muito bonita no interior da Bélgica e se localiza nos arredores de Bruxelas onde existe uma bela comunidade techno.A festa que eu toquei se chama Session e é um evento conhecido no país.Tem um clima muito intimista e sempre apresenta o melhor do underground. Em edições anteriores participaram DJs de renome, tais como Miss Djax, Acid Junkies, Marco Bailey, entre outros.

Esta data era muito especial pois seria a minha primeira festa na Europa e eu sabia que os belgas estavam muito ansiosos com a minha ida para lá.Graças a DEUS eles gostaram muito do meu trabalho e fui muito bem recebida por todos, com direito a flores e tudo mais. Com certeza não me esquecerei da minha primeira "Session". Também tocou comigo o Tomaz (Intec/Switch) um dos mais famosos DJs da Bélgica, além de outros locais, com direito a palhinha do Dj Red Head que era um dos mais animados.

Bruxelas

No sábado segui para Bruxelas, onde me apresentei no programa Switch da famosa rádio belga Studio Brussels.O programa é focado em techno e suas vertentes e tem transmissão para o país inteiro. Fiz um set alternando clássicos, de Underground Resistance a músicas intensas e características do meu set.Neste mesmo dia soube que um dos meus maiores ídolos havia se apresentado poucas horas antes, Mr Dave Clarke, que fez um set para promover o seu novo trabalho " World Service 2".

Depois destas datas iniciais curti alguns dias em Bruxelas e aproveitei para conhecer a noite da cidade. Fomos ver o Dave Clarke na Fuse no lançamento oficial do seu novo CD, foi espetacular e muito melhor que todas as outras vezes que eu o havia visto, "respect the man". Logo em seguida fomos na Projekt, um grande festival local (que é equivalente à Circuito no Brasil) onde se apresentaram o querido Murphy, DJ Rush, Marco Nastic,Ben Sims,Wunsch e outros grandes nomes. A festa foi muito boa e bem produzida.

Paris

De Bruxelas seguimos para Paris de trem numa viagem rápida e agradável.Chegando na cidade mais bela e romântica do mundo fomos direto pro Rex Club onde o mago Jeff Mills se apresentou em plena quarta-feira na sua tour "Three Ages".Fez um set antológico, impecável e recheado de clássicos.

A caminho da Escandinávia ...

Passado alguns dias em Paris, embarquei para Estocolmo na Suécia onde iria me apresentar no sábado dia 27 de maio. Com certeza foi uma das cidades mais lindas que eu conheci, as pessoas são muito educadas, prestativas e as coisas lá realmente funcionam, primeiro mundo de verdade!

Me apresentei numa casa noturna chamada Club Stockholm, um dos únicos a investir no Techno daquele país. Quem abriu a noite foi o David Rolseux, parceiro do Cari Lekebusch. Assim que iniciei meu set, já senti a boa reação do público que respondeu bem as primeiras músicas com gritos e pulos, e assim permaneceram durante todo set. Gostei bastante da vibe sueca.

Fui obrigada a encerrar meu set as 4 da manhã com o público ainda empolgado, mas como por lá tudo acaba cedo e o céu já estava claro (na Suécia essa época do ano o céu quase não escurece) tivemos que voltar para o hotel com o gostinho de ainda quero mais!

Rex night

A saga continua ...

Na segunda etapa da minha viagem estive tocando em Paris, Alicante na Espanha e em Malta no mediterrâneo europeu.

No Rex em Paris dividi os decks com o americano Jay Denham e o residente francês Tonio. O sound system de lá é excelente e a cabine é fechada por um vidro como se fosse um aquário, o que possibilita ver a ação do DJ de uma perspectiva muito boa.

O público francês respondeu muito bem à linha de som que apresentei logo após o Jay Denham, que fez um set denso e mais pesado, deixando a pista perfeita para minha entrada. Toquei um som pesado como de costume, mas com bastante capricho nos elementos das músicas.

Eu gostei muito de tocar lá. O club estava cheio e teve até uma caravana da Bélgica que foi me ver, eles haviam me visto na primeira data em Aaslt.

Sem dúvida foi uma noite incrível e de muito techno.

Na terra do Mulero

No sábado eu parti para Alicante na Espanha e toquei no também respeitado Metro Club.

Era a comemoração de aniversário do club, com 2 dias de festas sem parar. No line up constavam nomes dos mais variados, de Trevor Rocklife, Jori Hulkonen à Lady B e Jesus Ortega,este último residente do Metro.

O club é enorme com 3 ambientes além de ser afastado da cidade e localiza-se no meio de um deserto. Fiz um set de 3 horas, mais eclético e dancante que foi muito bem recebido pelo público espanhol, que tem uma vibe similar a dos brasileiros e também adora chegar e sair tarde nas baladas. Foi sem dúvida especial tocar lá. Ficará na memória e ao que tudo indica retorno pra lá em breve.

A despedida no Mediterrâneo

E continua a viagem com a minha ultima data em Malta na Meganite Tour em parceria com a Rapshody.

Malta é uma ilha no mediterraneo europeu logo abaixo da Sicilia e próximo à Libia.O clima lá é quente e a cidade é empoeirada, assim como parece ser o Oriente Médio. A festa ocorreu num lugar chamado Buskett, ao céu aberto e também tocaram Adrian V, um dos maiores DJs de techno da cena de Malta, o surpreedente live do Ricardo Ferris que eu gostei muito e o italiano Mauro Picotto fez um set intenso de 3 horas para seus fãs.

Tive uma das melhores recepções na Europa em Malta, as pessoas são simpáticas e gentis! O público adorou meu set e o feedback foi tão bom que na próxima tour devo retornar a ilha que já tem brasileiros como ídolos, PET Duo...

Ao contrário do Brasil, as festas lá terminam as 4 da manhã com a polícia dentro da festa desligando o som.

Aqui se encerra a turnê, já estamos preparando a próxima.

Nos vemos em alguma das festas em que estarei tocando...

Beijos para todos.

Kammy

Atualizado em 19 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

10 livros autobiograficos incríveis para se inspirar na vida de pessoas maravilhosas

Atores, cantores e personalidades colocam a cara à tapa para contar suas trajetórias pessoais e profissionais

9 contas divertidas para alegrar o seu feed do Instagram

Perfis engraçadinhos, bonitos e até inspiradores para deixar o dia mais leve

9 livros que estão em alta para incluir na sua lista de leitura

De autobiografias a crônicas, poemas e obras que viraram filme

10 presentes diferentes para agradar o mozão no Dia dos Namorados

Pra fazer bem bonito nesta data especial e aumentar a barrinha do amor através de alguns mimos

6 dicas infalíveis para se sair bem na arte de paquerar no Instagram

Já que a rede social está ali disponível e dando bobeira, partiu flertar online

Brilho sustentável: conheça 4 alternativas ecológicas para o uso do glitter no Carnaval

Atenção foliões: saiba como substituir o glitter feito de microplásticos por um que não agrida o meio ambiente!