Naked Singing Boys: o teatro cantado nu e cru

Estreou no último dia 6 (sexta-feira) a peça musical Naked Singing Boys. Baseado na peça original off-Broadway que está em cartaz em Los Angeles, escrita e idealizada por Robert Shrock, traz um item inusitado: todos os atores (inclusive o pianista) ficam a maior parte da peça, nus! Até aí nada de inédito, afinal, já passaram pelos palcos brasileiros, montagens de Hair, Oh! Calcuta! e Blue Jeans. Porém o mais interessante diz respeito ao público feminino (e gay também): o elenco é todo o masculino.

A peça é dividida em pequenos esquetes, que retratam personagens, profissões e situações que envolvem o nu. O faxineiro do local é obrigado a faxinar nu, a "vida dura" de um ator de filmes pornôs, um vestiário masculino, uma sauna, uma academia de ginástica, o voyeurismo entre vizinhos de janela, entre outros temas. Há um número muito bonito, onde um rapaz canta enquanto se veste, em homenagem a alguém que ele amou muito e já se foi, de nome Cris. Fica para o espectador a dúvida: seria de Cristina ou Cristian? Num dos números em grupo, o ator Tony Ramos é homenageado por fugir da estética rígida das "barbies" (os homens malhados), e agradar aos que gostam dos cheinhos e peludos. Em outro quadro, a revista de nu masculino G Magazine é citada.

Mas o que impressiona mesmo, é a excelente preparação vocal dos atores (que estão afinadíssimos e fazem solos emocionantes), a desenvoltura corporal, o sincronismo com o piano, e o astral pra cima da peça. Dá orgulho ver uma versão brasileira tão boa. Só não espere ir lá para ver corpos maravilhosos e penduricalhos excepcionais. Os rapazes são bonitos, os tipos físicos variados (até um mais gordinho), mas nem eles e nem a peça não estão ali pra isso. O espetáculo é tão divertido que você até abstrai que eles estão nus.

Autor: Robert Schrock
Direção: Zé Henrique de Paula
Elenco: Antonio Bianchi, Cadu de Souza, Carlos Martin, Floriano Nogueira, Jonathan Faria, Luiz Eduardo Frin, Rogério Matias, Tony Germano e Victor Castelo
Gênero: Musical
Horários: Qui. a Sáb.: 21h. Dom.: 19h30.
Ingressos: R$ 35 a 45

Local: Teatro Augusta
Endereço: Rua Augusta, 943 - Bairro Cerq.César
Tel: (11) 3151-2464

Stevan F Lekitsch
Escritor e jornalista

Atualizado em 19 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

10 livros autobiograficos incríveis para se inspirar na vida de pessoas maravilhosas

Atores, cantores e personalidades colocam a cara à tapa para contar suas trajetórias pessoais e profissionais

9 contas divertidas para alegrar o seu feed do Instagram

Perfis engraçadinhos, bonitos e até inspiradores para deixar o dia mais leve

9 livros que estão em alta para incluir na sua lista de leitura

De autobiografias a crônicas, poemas e obras que viraram filme

10 presentes diferentes para agradar o mozão no Dia dos Namorados

Pra fazer bem bonito nesta data especial e aumentar a barrinha do amor através de alguns mimos

6 dicas infalíveis para se sair bem na arte de paquerar no Instagram

Já que a rede social está ali disponível e dando bobeira, partiu flertar online

Brilho sustentável: conheça 4 alternativas ecológicas para o uso do glitter no Carnaval

Atenção foliões: saiba como substituir o glitter feito de microplásticos por um que não agrida o meio ambiente!