O poder do groove

As jam sessions se espalham por bares e baladas de São Paulo. Devido ao seu caráter descontraído e dançante as jams estão conquistando um público que gosta de música feita com espontaneidade.

Mas o que realmente define uma jam session? Acima de tudo, uma jam é um encontro descontraído entre músicos para fazer música de forma espontânea e com bastante espaço para a improvisação. Muitas vezes os músicos que tocam numa jam session não fazem parte da mesma banda. Geralmente, uma jam é formada por integrantes de bandas diferentes, que se juntam para fazer um som que misture as influências próprias de cada um deles. É uma espécie de projeto paralelo, onde os músicos podem tocar sem as formalidades dos shows de maior proporção.

A improvisação, uma das maiores marcas da jam session, é feita em cima de músicas ou arranjos conhecidos pelos músicos, que usam muita criatividade para dar um novo formato a temas já conhecidos pelo público. Geralmente os músicos escolhem grooves dançantes e ficam se alternando em solos repletos de improviso, que contribuem para o clima despojado dessas baladas. É como se os músicos estivessem conversando de maneira informal através de seus instrumentos.

Uma das jam sessions mais famosas de São Paulo é a Jam Suburbana. Ela acontece todas as segundas no Espaço Urbano, e conta com um bom time de músicos que improvisa em cima de versões de temas do funk, jazz e soul. A noite de segunda é a mais concorrida da casa, comprovando que as jam sessions estão em alta na cidade.

O projeto Grooveria Eletroacústica é outra jam session de bastante sucesso. O projeto reúne grandes músicos da nova geração em apresentações sempre bem grooveadas. A presença de convidados especiais é algo que rola com freqüência. Nomes como Max de Castro e Cláudio Zoli já deram canjas nas apresentações da Grooveria, que acontece todas as terças, no Na Mata Café.

O restaurante Grazie a Dio também promove uma jam session aos sábados. É o projeto Sindicato do Groove, liderado pelo guitarrista Eduardo Cabelo (ex-Karnak). A jam, que lota o restaurante todos os sábados, aposta em versões dançantes de clássicos do jazz e do funk. A improvisação e os convidados especiais são os destaque desta que já é uma das jams mais tradicionais da cidade.

Diversos estabelecimentos estão apostando no caráter espontâneo e descontraído das jam sessions para atrair o público. É o poder mágico do groove conquistando cada vez mais adeptos.

Atualizado em 19 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

10 hábitos que têm o poder de mudar o seu ano completamente

Uma magia que só hábitos saudáveis podem oferecer

7 livros impressionantes que estão entre os mais vendidos de 2018 e você precisa ler

Ótimas leituras para começar 2019 inspirado nos best sellers que bombaram ano passado

9 livros para começar 2019 com o pé direito

Histórias reais, de suspense, romance e até para melhorar suas finanças durante o ano

Horóscopo 2019: confira as previsões astrológicas de cada signo para o próximo ano

As boas novas, os pontos para ficar atento(a) e as surpresas que vêm por aí

Saiba como plantar cactos coloridos em casa e ter um jardim alegre

Um passo a passo completo para criar um jardim de cactos exóticos

15 livros incríveis e envolventes para quem está afim de uma boa leitura

Obras que vão conquistar o coração até de quem não é muito viciado em livros

Cadastre-se para
NOVIDADES

×
Receba novidades do Oba Oba

Whatsapp Guia da Semana
Receba nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas em seu Whatsapp

CADASTRE-SE

Notificações em seu PC ou celular
Receba notificações instantâneas com nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas

CADASTRE-SE

Newsletter do Oba Oba
Dicas semanais para aproveitar o melhor que a cidade tem a oferecer.