Vivo Open Air: Programação Musical

Dia 11 – Quarta-feira (abertura para convidados)
23h

VJ: Apavoramento
Show: Nego Moçambique
Ele apresenta sua música através de live P.A.s, ou seja, a música que ele toca não sai dos vinis e dos toca-discos, mas sim de sintetizadores, seqüenciadores e baterias eletrônicas. Com isso, Nego Moçambique consegue transformar cada show em algo único, inovando sempre. Misturando culturas – a africana roots, do funk (o americano e o carioca), do hip hop, da house music – ele mostra ao público do Open Air a que veio com seu primeiro álbum de produções, gravado ao vivo no estúdio.

Dia 12 – Quinta-feira
23h

VJ: Apavoramento
Show: Benzina aka Scandurra
Benzina é o projeto de música eletrônica de Edgard Scandurra, do Ira!. O live act aponta para o rock, techno, electro e tech-house. Em setembro de 2003, Benzina a.k.a Scandurra lançou seu terceiro disco solo, Dream Pop (ST2 Records). Este é o trabalho mais eletrônico do músico e é apontado pela mídia especializada como uma das jóias raras da nova música eletrônica.

Dia 13 – Sexta-feira
23h30

VJ: Apavoramento
Festa: Gandaia, com DJ Drezin e live PA Jamanta Crew
O primeiro fim de semana do Vivo Open Air começa no ritmo da house music, com a festa Gandaia, pilotada pelo DJ Drezin e com participação do live PA Jamanta Crew (DJ Droors e Prztz). Jamanta é o coletivo de house music de Prztz (Eduardo Marote, São Paulo), Rafael Droors (Brasilia) e DJ Rod (Rio de Janeiro). Dois laptops sincronizados, três teclados, alguns pedais de efeito. House funky e zoado e mais George Clinton, hip-hop, chorinho e samples absurdos.

Dia 14 – Sábado
17h30 e 1h30

VJ: Apavoramento
Espetáculo: Eu e Meu Guarda-chuva Remix
Festa: Apavoramento Redux
A ópera-rock do titã Branco Mello – que já virou peça, livro e, em breve, poderá ser vista no cinema – ganhará uma edição especial no Vivo Open Air, às 17h30. Uma banda comandada pela vocalista Nara Gil vai recriar as canções do disco, contando a história de Eugênio e seu guarda-chuva em músicas como “Prisioneiro” e “Dona Nenê”. Já a festa Apavoramento Redux, à 1h30, apresenta ao público de Brasília uma versão reduzida do Apavoramento Sound System, coletivo multimídia carioca com os DJs John Woo e Nepal à frente e muito hip hop, jungle, electro e breaks. No Open Air, a formação é DJ SET (quatro toca-discos + samples e seu arsenal de imagens), além do convidado local DJ Lui J.

Dia 15 – Domingo
22h

DJ: Gabriel Linx
VJ: Apavoramento
Depois da sessão, o DJ Gabriel Linx comanda a tenda musical. Aos 22 anos – ele começou a tocar aos 14 – Linx toca nos principais clubes de Brasília e mistura em seu set house, hip hop e outras vertentes musicais.

Dia 16 – Segunda-feira
23h30

VJ: Apavoramento
Shows: Sapatos Bicolores
Eddie Cochran, Roberto Carlos, casacos de couro e muita brilhantina. Neste ritmo caminham os Sapatos Bicolores, uma banda que combina Jovem Guarda e rockabilly, Graforréia Xilarmônica e Hank Williams, perfume e suor, cuidado e desleixo, originalidade e diversão. Seu primeiro EP, lançado pela Monstro Discos, esgotou rapidamente e trouxe hits certeiros como ‘Garota Cor de Fogo’, ‘De Carona’, ‘Bolinhas Brancas’ e ‘A Cobrar’.

Dia 17 – Terça-feira
23h30

VJ: Apavoramento
Show: Canastra
Com um pé nos brejeiros sambinhas de Ari Barroso e Noel Rosa e o outro no tempero cajun do Dixieland, a banda carioca Canastra é uma das grandes apostas da cena carioca de 2005. Em 2004, a banda lançou o disco de estréia “Traz a Pessoa Amada em Três Dias”, pelo selo independente Monstro Discos. Sob a regência de Renatinho (vocal & guitarra, ex-Acabou La Tequila), principal compositor do grupo, as tramas mais inusitadas se desenrolam imersas em melodias irresistíveis, executadas pelo combo formado por Edu Vilamaior (contrabaixo acústico), Bruno Levy (guitarra) e Marcelo Callado (bateria). Arranjos apimentados e a performance dos músicos revestem as composições com o bom e velho espírito das big bands norte-americanas.

Dia 18 – Quarta-feira
0h30

VJ: Bijari
Show: Lafayette e Os Tremendões
Novas leituras para clássicos da Jovem Guarda. O tecladista Lafayette ressurge em cena ao lado de novos amantes do bom e velho rock’n roll, como os promissores guitarristas Nervoso e Renato Martins (Acabou La Tequila e Canastra), o baterista Marcelo Callado (Canastra), e o baixista Melvin Fleming (Carbona). Nos vocais estão Gabriel Thomaz (Autoramas) e Érika Martins (ex-Penélope). No repertório tem de Roberto e Erasmo a Leno & Lilian.

Dia 19 – Quinta-feira
23h

VJ: Bijari
Show: BID
Muita gente conhece o trabalho do multi-instrumentista, compositor, DJ, arranjador e produtor BiD sem ter escutado seu nome. Produtor de álbuns de Chico Science & Nação Zumbi, BiD foi um dos co-fundadores do Funk Como Le Gusta. No Open Air, apresenta seu primeiro disco solo, “Bambas & Biritas - Vol. 1”.

Dia 20 – Sexta-feira
23h

VJ: Bijari
Festa: Technoheadz, com os DJs Hopper e Komka e o DJ convidado Schild
O projeto Technoheadz, comandado pelos DJs Hopper e Komka, começou no Orange Club em setembro de 2002 e já aconteceu em lugares como o Pulse Club, em Goiânia, e o BSBmix Mercado Alternativo, entre outros, misturando sempre o que há de mais novo nas vertentes do techno e do electro mundial. Na edição do Vivo Open Air, o convidado especial é o carioca Schild, um dos principais nomes do electro techno nacional.

Dia 21 – Sábado
17h30 e 2h

VJ: Bijari
Espetáculo: Mix Parlapatões
Festa: O Retorno da Rainha Din-Din, do Planeta Ice Cream, da Dimensão Geladinha, com os DJs Isn’t e The Six
“Mix Parlapatões”, às 17h30, reúne alguns dos mais divertidos números cômicos e circenses de diversos espetáculos apresentados ao longo de doze anos pelos Parlapatões. Durante 50 minutos, Hugo Possolo, Raul Barretto e Claudinei Brandão vão encarnar os mais variados tipos: malabaristas, mágicos canastrões e músicos excêntricos. Já a festa ‘O Retorno da Rainha Din-Din’, às 2h, leva muito electro (e uma trama cheia de personagens) para a tenda musical.

Dia 22 – Domingo
21h30

DJ: Ronaldo Holanda
VJ: Bijari
Depois da sessão, o DJ Ronaldo Holanda comanda a tenda musical. Holanda já tocou nos principais clubes de Brasília e hoje também ensina a arte das carrapetas em uma escola de DJs na capital federal.

Dia 23 – Segunda-feira
23h30

VJ: Bijari
Show: Los Sebozos Postizos
Projeto paralelo da Nação Zumbi com músicos do Mundo livre S.A, os Sebozos Postizos vão mostrar neste show clássicos de Jorge Ben dos anos 60 e 70, como “A tamba”, “Toda colorida” e “Jovem samba”.

Dia 24 – Terça-feira
22h

VJ: Embolex
Show: DJ Dolores
Depois do projeto Orchestra Santa Massa, o pernambucano DJ Dolores (A.K.A. Helder Aragão) apresenta o repertório de seu novo álbum, “Aparelhagem”, com as várias expressões da tradição musical urbana do norte / nordeste do país, revistos sob a ótica da eletrônica.

Dia 25 – Quarta-feira
22h30

VJ: Embolex
Show: Bois de Gerião
A banda brasiliense Bois de Gerião agrega os melhores elementos do rock´n´roll, punk rock, hardcore e ska. Formado em meados de 1994, o grupo reúne cinco integrantes: Rafael Farret (vocal e guitarra), Tell (baixo), Gabriel Coaracy (bateria), Vincent Gautier (sax tenor) e Gustavo Simões (trompete). Em 2001, o Bois de Gerião entrou em estúdio e gravou o primeiro disco pela gravadora independente Prótons, com produção assinada por Philippe Seabra, da banda Plebe Rude.

Dia 26 – Quinta-feira
23h

VJ: Embolex
Show: Prot(o)
A banda brasiliense Prot(o) é formada pelo ex-Maskavo Roots original Pinduca (vocal e guitarra), Pedro Ivo (baixo e vocal), Cristóvão (bateria) e Tharsis (guitarra e vocal). Em seu CD de estréia, lançado pelo selo Monstro Discos, a banda apresenta canções repletas de belas melodias e riffs poderosos, que sintetizam influências que vão de Hüsker Dü e Buzzcocks aos Beatles e Led Zeppelin, passando pelo punk e pelo rock nacional.

Dia 27 – Sexta-feira
23h

VJ: Embolex
Festa: Frenética, com os DJs A e Bola, Inumanos e Confronto Sound System
A noite é de hip hop na pista do Open Air, com DJ A, DJ Bola, Inumanos e Confronto Sound System. O Inumanos (Inteligência Natural União Maior Através de Núcleos Originários do Subterrâneo) é formado por MC Aori e DJ Babão e está lançando seu primeiro disco pela gravadora paulista Bizarre. Já o Confronto Sound System é um coletivo local formado por DJs especializados em dub, reggae e ragga.

Dia 28 – Sábado
17h30 e 2h

VJ: Embolex
Espetáculo: Intrépida Trupe
Festa: Energy, com os DJs Garu, Swarup e High Soul
Às 17h30, o grupo carioca fará uma apresentação exclusiva para o público do Open Air, costurando os melhores trechos de seus espetáculos, numa mistura de teatro, dança e circo. Às 2h, o trance toma conta da tenda musical, com a festa Energy, comandada pelos DJs Garu, Swarup e High Soul.

Dia 29– Domingo
21h30

VJ: Embolex
Show: Nego Moçambique
Ele apresenta sua música através de live P.A.s, ou seja, a música que ele toca não sai dos vinis e dos toca-discos, mas sim de sintetizadores, seqüenciadores e baterias eletrônicas. Com isso, Nego Moçambique consegue transformar cada show em algo único, inovando sempre. Misturando culturas – a africana roots, do funk (o americano e o carioca), do hip hop, da house music –, ele mostra ao público do Open Air a que veio com seu primeiro álbum de produções, gravado ao vivo no estúdio.

Atualizado em 19 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Aplicativo lança serviço de passeios para pets com funções de agendamento e monitoramento do trajeto

A DogHero ainda seleciona as melhores pessoas para cuidar do seu cãozinho com muito amor

10 produtos criativos e inovadores que vão revolucionar a sua vida

De tênis que amarra sozinho a canudo de vidro e acessórios impressos em 3D

5 escritores contemporâneos para seguir nas redes sociais e se inspirar

Sentimentos, crises, autoestima e amor próprio são alguns dos temas que

10 livros autobiograficos incríveis para se inspirar na vida de pessoas maravilhosas

Atores, cantores e personalidades colocam a cara à tapa para contar suas trajetórias pessoais e profissionais

9 contas divertidas para alegrar o seu feed do Instagram

Perfis engraçadinhos, bonitos e até inspiradores para deixar o dia mais leve

9 livros que estão em alta para incluir na sua lista de leitura

De autobiografias a crônicas, poemas e obras que viraram filme