5 filmes que você não deve assistir quando estiver com crise no relacionamento

Algumas produções podem deixar pior o que já não está bom.

Relacionamentos não são nada fáceis. Eles oscilam e nestas horas todo o controle emocional que pensamos ter vai para o ralo. Como diria Maysa, nosso mundo cai. 

+ 10 boas cinebiografias para você assistir
+ Os 7 filmes mais ''sem pé nem cabeça'' pra você assistir
+ Coisas que só casais que estão muito tempo juntos vão entender

Nestes momentos, haja chocolate, cerveja, lenço de papel e ombro para chorar, mas muito cuidado, se você optar, no auge do desespero, por assistir a algum filme. Caso queira se enrolar no cobertor e curtir um cineminha by yourself não assista nenhum dos listados abaixo.

Image and video hosting by TinyPic

500 dias com ela

O filme de Marc Webb, com Joseph Gordon-Levitt e Zooey Deschanel, é um dos marcos do desespero emocional. Poucos personagens sofreram tanto com crises no relacionamento quanto o pobre Tom Hansen, que amou demais e não foi correspondido.

O longa conta a história de Tom, que conhece a nova assistente de seu chefe, Summer Finn, e se apaixona perdidamente por ela. Eles iniciam um relacionemento em que ele se envolve cada vez mais, enquanto ela se distancia, até que para o desespero dele, ela parte para outra e deixa o ex na pior.

Brilho eterno de uma mente sem lembranças

O nível desta história é tão hard que o filme gira em torno de um casal que preferiu apagar a memoria a enfrentar o fim do relacionamento.

Joel (Jim Carrey) e Clementine (Kate Winslet) se apaixonaram e tentaram fazer o namoro dar certo a todo custo, mas a história dos dois não dá certo. Então, ela resolve se submeter a um tratamento neurológico e apagar a memoria do tempo que passou com ele. Joel entra em depressão, ciente da atitude de Clamentine, e também enfrenta o tratamento, mas acaba tendo algumas dificuldades para esquecê-la.

Amantes

Joaquin Phoenix já sofreu bastante no cinema. Em "Amantes", ele interpreta Leonard Kraditor, um suicida que foi abandonado pela noiva e não conseguiu se recuperar. Ele conhece Sandra Cohen, a filha de amigos de seus pais, que se apaixona por ele, e Michelle Rausch, sua vizinha, por quem ele se apaixona, sem ser correspondido.

Desejo e Reparação

A história do filme de Joe Wright teria tudo para dar certo, mas não deu e terminou em tragédia, apesar da vontade dos personagens de James McAvoy e Keira Knightley.

Robbie Turner, filho do caseiro da casa onde mora Cecília é acusado de um crime que não cometeu e é enviado para lutar na segunda guerra mundial, modificando irreparavelmente sua vida e a relação que tem com Cecília. 

O Ciúme

O longa de Phelippe Garrel versa sobre uma separação, mas de forma leve, bonita e esperançosa.

Ele mostra o processo de separação de um casal que tem uma filha e a oscilação do personagem de Louis Garrel, que oscila entre a antiga casa e a nova vida com outra mulher. 

Atualizado em 25 Fev 2015.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

6 Motivos para conhecer a Mostra Internacional de Cinema de SP

41ª Mostra acontece entre 19 de outubro e 1º de novembro em mais de 30 espaços

18 séries lançadas em 2017 que você tem que assistir o quanto antes

Obras premiadas no Emmy, baseadas em fatos reais, inspiradas em livros... a lista é longa - e das boas

28 filmes, séries e documentários que estreiam na Netflix em outubro

'Stranger Things', 'Suburra', 'Criminal Minds', documentário sobre os Beatles e mais

Perturbador, “Esta é a sua morte – o show” estreia nesta quinta, 21

Filme sobre reality show de suicídios questiona se não levamos a cultura do espetáculo longe demais

CCXP 2017: tudo o que você precisa saber sobre o evento mais nerd do ano

Quarta edição da feira acontece entre os dias 7 e 10 de dezembro no São Paulo Expo

10 filmes baseados em quadrinhos que não são de super-heróis

“Atômica”, com Charlize Theron, é baseado na graphic novel “The Coldest City”