Cinco adaptações pra lá de modernas de Contos de Fada em filmes

Chapeuzinho Vermelho, Alice no País das Maravilhas e outros contos ganharam releituras

Toda criança cresceu ouvindo contos de fada, morrendo de medo dos terríveis vilões, suando frio a cada empreitada, e, não importa quantas vezes a gente ouvisse a mesma história, ainda torcia pela mocinha e não descansava enquanto não ouvia o "felizes para sempre".

+ Veja 15 filmes clássicos da sessão da tarde
+ Sete filmes teen baseados em clássicos da literatura
+ Filmes para assistir embaixo do cobertor

Os contos de fada, originários em grande parte da Idade Média, contados oralmente, tiveram a maioria das suas histórias adaptadas para a classificação infantil pela Disney e se popularizaram mundialmente.

As histórias, todo mundo conhece, mas nos últimos anos elas vem sendo adaptadas, criando versões modernas e que caiam no gosto do público adolescente. Princesas indefesas, príncipes encantados, e fragilidade inocente vem dando lugar a mocinhas que vão à luta, os anões ladrões e príncipes nem tão perfeitos assim.

Confira nossa lista de filmes inspirados e adaptados de contos de fada:

1. Espelho Espelho Meu (Mirror Mirror) - 2012 - Tarsem Singh

O longa, que explodiu a carreira de Lily Collins (filha de Phil Collins), apresenta uma versão diferente de A Branca de Neve. A moça no filme é um pouco Robin Hood: foge do castelo quando descobre que a madrasta rouba os impostos do reino, é treinada por uma trupe de anões-ladrões, tira sarro do príncipe encantado e devolve a grana da cidade. Julia Roberts interpreta a madrasta. Com algumas mudanças no roteiro, a história dá lugar a uma Branca de Neve independente, feminina e destemida. Bafo: a garota se formou em Harvard antes de seguir carreira no cinema.

2. A Garota da Capa Vermelha (Red Riding Hood) - 2011 - Catherine Hardwicke

O conto da Chapeuzinho Vermelho se transformou num suspense protagonizado pela (linda) Amanda Seyfried. A história se passa num vilarejo amedrontado pela ameaça de um lobisomen, com quem eles mantêm uma trégua frágil. Quando a trégua é quebrada pelo lobo, começa uma caçada que envolve bruxaria, tortura, sangue e ação. A protagonista é outra mulher forte, destemida e corajosa. Destaque para a trilha sonora do filme, e a fotografia, muito bem trabalhadas. 

3. Alice no País das Maravilhas (Alice In Wonderland) - 2010 - Tim Burton

Com direção de Tim Burton, adaptando a segunda (e bem menos conhecida) parte do conto de Alice, o filme trata da volta da protagonista ao País da Maravilhas. O destaque principal do filme são o combo figurino+maquiagem e os efeitos especiais, que fazem o espectador realmente se perder no mundo mágico. Mia Wasikowska faz Alice, o parceiro do diretor, Johnny Depp é o Chapeleiro Maluco e Anne Hathaway e Helena Bonham Carter dão conta das Rainhas Branca e Vermelha.

 4. A Fera (Beastly) - 2011 - Daniel Barnz

 

Vanessa Hudgens é a Bela, nesta adaptação para a vida moderna de A Bela e a Fera. Em Nova York, um moço muito bonito, rico e arrogante é amaldiçoado (por algo que parece uma versão meio gótica, meio bruxa da Ke$ha) e se transforma numa... coisa. Muito feio, cheio de marcas, ele tem um ano para alguém se apaixonar por ele, do contrário, ele ficará assim para sempre. Com a ajuda de um professor cego, ele vai entender o real significado do amor, da conquista, mas dá de cara com outro problema, a garota odeia seu "antigo eu". E agora?

5. Branca de Neve e o Caçador (Snow White and the Hunstman) - 2012 - Rupert Sanders

Mais uma adaptação do conto, que merece destaque. Com a queridinha de Crepúsculo, Kristen Stewart no papel principal, Branca de Neve, desta vez, é um pouco Joana D'Arc. A garota envolve-se numa luta armada contra a Rainha, sobrevive à floresta escura, recheada de criaturas místicas, escuridão, personagens mágicos e, escondida em suas profundezas, uma clareira do bem. A madrasta, interpretada por Charlize Theron, é terrivelmente viciada em beleza e juventude, e passa mais da metade do filme submetendo-se aos mais diferentes tratamentos. Ao lado de Chris Hemsworth (Thor), ela vai lutar pela liberdade do povo. Outro destaque de efeitos especiais e fotografia.

BÔNUS: Jack - O Caçador de Gigantes (Jack the Giant Slayer) - 2013 - Bryan Singer

Jack, interpretado por Nicholas Hoult (o Tony, de Skins), abre, por meio de feijões mágicos com magia negra, um portal entre o nosso mundo e o de gigantes terríveis, reiniciando uma guerra antiga. Lutando por um reino, seu povo, e pelo amor de uma corajosa princesa aprisionada por gigantes, Jack se junta a um exército de cavaleiros. O filme é uma releitura de João e o Pé de Feijão.

Atualizado em 20 Mai 2014.

Por Julia Bueno
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

8 Filmes com Adam Sandler que são surpreendentemente bons

Ator está sendo elogiado no festival de Cannes pelo drama “The Meyerowitz Stories”

10 petiscos que combinam perfeitamente com aquela maratona de filmes e seriados

O balde de pipoca vai ficar pequeno de tanta coisa gostosa que você vai querer provar.

13 filmes lançados em 2017 que talvez você não tenha ouvido falar - mas que são magníficos

Do bom drama ao suspense, sem deixar de lado obras estrangeiras que merecem destaque

Cinema de graça: 22 filmes para ver durante a Virada Cultural

"Grease", "Trainspotting" e "Donnie Darko" terão sessões gratuitas entre sábado e domingo

15 filmes do universo Marvel para ver na Netflix

“Capitão América: O Soldado Invernal” e “Thor: O Mundo Sombrio” já estão em cartaz no serviço de streaming

15 filmes da Netflix que são baseados em histórias reais e você não sabia

Histórias impressionantes que vão muito além da ficção do cinema!