Filme de Jennifer Aniston desbanca X-men nos EUA

Hoje em dia, uma grande estréia não é sinônimo de longevidade no topo do ranking dos filmes mais vistos nos EUA. Se o esperado O Código Da Vinci fora vencido por X-men III– O Confronto Final, há dois finais de semana, agora foi a vez dos mutantes perderem o topo para a comédia estrelada por Jennifer Aniston (foto).

Até que o casamento nos separe foi a produção mais vista nos EUA neste fim de semana, arrecadando US$ 38,1 milhões.

A ex-Brad Pitt e seu novo namorado, Vince Vaughn atuam na comédia que conta a história de um casal que termina o relacionamento, mas ambos se recusam a deixar o apartamento.

Wolverine e companhia tiveram uma queda de 66%, ficando com o vice e tendo US$ 34,4 milhões a mais em seu cofre. Mundialmente, o filme já alcançou a marca de US$ 260 milhões.

Em terceiro está a animação Os sem-floresta, que conseguiu US$ 20,6 milhões de bilheterias.

O quarto e quinto lugar ficou, sequencialmente, para O Código Da Vinci e Missão Impossível 3.

Atualizado em 20 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

28 filmes, séries e documentários que estreiam na Netflix em outubro

'Stranger Things', 'Suburra', 'Criminal Minds', documentário sobre os Beatles e mais

Perturbador, “Esta é a sua morte – o show” estreia nesta quinta, 21

Filme sobre reality show de suicídios questiona se não levamos a cultura do espetáculo longe demais

CCXP 2017: tudo o que você precisa saber sobre o evento mais nerd do ano

Quarta edição da feira acontece entre os dias 7 e 10 de dezembro no São Paulo Expo

10 filmes baseados em quadrinhos que não são de super-heróis

“Atômica”, com Charlize Theron, é baseado na graphic novel “The Coldest City”

Mais de 30 filmes, séries e documentários imperdíveis que estreiam na Netflix em setembro

Vem descobrir quais novidades farão você querer ficar em casa com um balde de pipoca

Do antigo ao tecnológico: conheça 8 cinemas diferentões para conhecer em SP

Desbrave o que há de mais interessante entre as novas e antigas salas da cidade