Saiba como assistir de graça nova série documental sobre arte urbana

Documentário será apresentado por Fernanda Young e tem estreia marcada para esta quinta-feira.

Gosta de arte urbana? Então essa dica é para você: a partir dessa quinta-feira, 14 de abril, vai ser possível assistir gratuitamente a um documentário focado em apresentar e contar histórias de artistas que atuam na madrugada paulistana e usam o espaço público como plataforma de seus trabalhos. 

Conheça 5 coletivos para acompanhar em 2016 
Confira uma programação de festas gratuitas em São Paulo para frequentar em 2016 
 Os 12 bares mais badalados da Rua Augusta   

"Madrugada Desperada", nome da série documental, é apresentada por Fernanda Young e divulgada semanalmente no canal Urban Feed, no Youtube. Dividido em oito episódios, cada um conta a história de um personagem, como Leandro Dário, um artista que instala suas obras de crochê pela cidade.  

Ao longo dos episódios, ainda é possível conhecer a história do Coletivo Rolê, fotógrafos que saem registrando cliques na madrugada em lugares inusitados; o coletivo das festas performáticas Venga-Venga; Yellow P, criador do Dubversão Sound System, e muitas outras. 

Segundo a apresentadora Fernanda Young, foi uma honra fazer parte do projeto: "Este foi um dos melhores trabalhos que já fiz. Há muito queria entrevistar artistas que falam o que pensam, pois estão livres da pressão do mercado e comprometidos com suas ideologias".

O diretor da série, Tom Stringhini, ainda completa mostrando como é único o trabalho desses artistas independentes: “Acredito que a palavra que mais define esses artistas é generosidade. Afinal, eles estão ali doando a sua arte para a cidade, compartilhando este trabalho com as pessoas gratuitamente. Isso me tocou muito e acho que esta é a grande sacada da série. A série mostra artistas que não têm pensamentos individualistas, o que é raro. Eles são admiráveis".

Confira o trailer da série e logo abaixo a programação: 

  

Se inscreva no canal para acompanhar tudo.

PROGRAMAÇÃO: 

Dia 14 de abril 
Na estreia, os episódios que apresentam os artistas Chico Tchello, Aline Time e Suave serão disponibilizados.

Chico Tchello - fotográfo e DJ, Chico Tchello ficou conhecido pela balada espontânea Buraco da Minhoca. Tocando MBP com uma caixa de som acoplada ao seu corpo, ou seja, como DJ ambulante, ele arrastou o público para uma festa dentro do túnel sob a Praça Roosevelt, onde o trânsito de veículos é proibido durante a madrugada, e acabou dando início a uma tendência de festas de ocupação do espaço público. 

Aline Tima - artista plástica criou performances em que veste skatistas com burcas, peças que os tampam quase totalmente, incluindo seus rostos. As ações acontecem nas ruas de São Paulo, especialmente no centro, e levantam questões como identidade e superexposição. 

Suave - os artistas Ygor Marotta e Ceci Soloaga são um duo de new media art. Eles fazem animações e projetam suas criações pelas ruas de São Paulo a bordo dos Suaveciclos, triciclos adaptados com computador, projetor e bateria, que levam as projeções para rua e transmitem desenhos, animações e poesias diretamente nos muros da cidade.

Dia 21 de abril
Baillistas - coletivo que utiliza a dança e a fotografia para resignificar, em uma linguagem poética, o cotidiano e a paisagem das grandes metrópoles, em especial da cidade de São Paulo.

Dia 28 de abril
Yellow P e Dubversão - Fábio Murakami, o Yellow P (pronuncia-se "pi"), estaciona o caminhão alugado em algum ponto da cidade, monta seu equipamento de som, convoca dois DJs e o dançarino Jimmy The Dancer e, aos poucos, a multidão começa a se aglomerar para a festa improvisada baseada em variadas vertentes do reggae, sempre processadas pelas técnicas de dub".

Dia 5 de maio
Leandro Dário – o artista plástico possui uma sólida carreira no circuito de arte contemporânea tradicional e também tem se dedicado a um delicado trabalho de arte urbana. Ele instala suas figuras de caveira feitas em crochê em espaços públicos de São Paulo como o Largo da Batata, a Avenida Paulista e o Minhocão, entre tantos. 


Dia 12 de maio

Coletivo Rolê - grupo que promove saídas noturnas para captar fotos e vídeos do centro da capital paulista. As ações, sempre em grupo, colocam vários fotógrafos em um mesmo quarteirão, lançando olhares múltiplos sobre locais inusitados da cidade. 

Dia 19 de maio
Venga Venga – dupla de artistas que realiza festas em que a música transcendental e a estética cigana se juntam para catárticas noites hedonistas. As festas acontecem em espaços públicos no centro da cidade.

Atualizado em 13 Abr 2016.

Por Juliane Romanini
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

6 Motivos para conhecer a Mostra Internacional de Cinema de SP

41ª Mostra acontece entre 19 de outubro e 1º de novembro em mais de 30 espaços

18 séries lançadas em 2017 que você tem que assistir o quanto antes

Obras premiadas no Emmy, baseadas em fatos reais, inspiradas em livros... a lista é longa - e das boas

28 filmes, séries e documentários que estreiam na Netflix em outubro

'Stranger Things', 'Suburra', 'Criminal Minds', documentário sobre os Beatles e mais

Perturbador, “Esta é a sua morte – o show” estreia nesta quinta, 21

Filme sobre reality show de suicídios questiona se não levamos a cultura do espetáculo longe demais

CCXP 2017: tudo o que você precisa saber sobre o evento mais nerd do ano

Quarta edição da feira acontece entre os dias 7 e 10 de dezembro no São Paulo Expo

10 filmes baseados em quadrinhos que não são de super-heróis

“Atômica”, com Charlize Theron, é baseado na graphic novel “The Coldest City”