Stripper processa Scott Stapp por filme pornô

O ex-líder do Creed, Scott Stapp, está sendo processado por uma mulher, que alega ser a protagonista do filme pornô gravado com o cantor e pelo amigo Kid Rock e vendido na internet.

O processo é por invasão de privacidade e danos morais. Ela afirmou que acreditava que o vídeo estivesse apenas com o vocalista. Mas agora, exige uma indenização.

Scott Stapp alega que o vídeo foi roubado, e que conseguiu uma liminar na justiça, impedindo a distribuição integral ou parcial do filme.

A gravação foi divulgada pela Red Light District, no seu site oficial, poucos dias após o segundo casamento de Scott, com a ex-Miss New York, Jaclyn Nesheiwat. Segundo o roqueiro, a nova esposa aceitou que o vídeo é parte de seu passado.

Atualizado em 19 Mai 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Perturbador, “Esta é a sua morte – o show” estreia nesta quinta, 21

Filme sobre reality show de suicídios questiona se não levamos a cultura do espetáculo longe demais

CCXP 2017: tudo o que você precisa saber sobre o evento mais nerd do ano

Quarta edição da feira acontece entre os dias 7 e 10 de dezembro no São Paulo Expo

10 filmes baseados em quadrinhos que não são de super-heróis

“Atômica”, com Charlize Theron, é baseado na graphic novel “The Coldest City”

Mais de 30 filmes, séries e documentários imperdíveis que estreiam na Netflix em setembro

Vem descobrir quais novidades farão você querer ficar em casa com um balde de pipoca

Do antigo ao tecnológico: conheça 8 cinemas diferentões para conhecer em SP

Desbrave o que há de mais interessante entre as novas e antigas salas da cidade

Saiba todas as novidades da sétima temporada de 'American Horror Story'

Vem descobrir o tema da nova história, atores que vão participar e curiosidades