Os melhores lançamentos de música internacional em 2014

Sam Smith, Mac DeMarco, Michael Jackson, Swans, Lorde, Caribou e muito mais.

O ano está chegando ao fim e todos nós ficamos enlouquecidos com os diversos lançamentos que rolaram neste ano. Singles, discos e clipes que fizeram a diferença por terem sido feitos com a ambição de apresentar algo novo, mesmo que esse novo seja uma bela repaginada em ritmos passados. 

Ouça "Bass Low" a nova faixa do Preditah 
Solidisco lança remix para "Jealous" do Chromeo 
Nero e Alana Watson estão juntos novamente em "Satisfy" 

Aqui estão os melhores lançamentos que saíram entre janeiro e dezembro de 2014. Não concorda? Gostou de outros discos, músicas e clipes? Deixe nos nossos comentários. Os nossos estão abaixo, confira:

Álbum: Michael Jackson – Xscape


Um álbum póstumo sempre perde a essência do artista que já se foi. Geralmente produzido por novos produtores, a ânsia por emplacar estas músicas acaba trazendo batidas atuais que se desprendem do que o falecido fazia em vida. Mas Xscape, do Michael Jackson, teve o que nós já esperávamos do Rei do Pop. “Love Never Felt So Good”, da parceria com Justin Timberlake, retrata o que MJ provavelmente faria hoje, bem como “Slave To The Rhythm”, que apesar de contar coma produção característica de Timbaland, respeita bastante o trabalho de Michael. Após o final de “Xscape”, podemos ouvir as versões originais dessa faixas, que não seriam destaques em outros álbuns, mas que valem o refresco na memória.

Álbum: Future – Honest 

 

O hip-hop vem passando por inúmeras mudanças nestes últimos anos. Seja nos seus betas, seja na nova geração de rappers que está transformando os flows e os assintos a serem rimados. Um dos bons representantes dessa nova geração é Future, que em Honest mostrou ter bons parceiros de trabalho, como Kanye West, Pusha T, André 3000 e Pharrell, só para citar alguns. Com 18 faixas e destaque para “Move That Dope”, este é um album para ser ouvido do começo ao fim. 

Álbum: Pharrell Williams – G I R L 


Se tem alguém que passou de figurante a grande estrela da música em pouco tempo, este alguém é o Pharrell Williams, que até o seu dueto com o Daft Punk, no ano passado, não era mais do que um produtor de voz doce que fazia uma parceria aqui e ali. Após a sua explosão na mídia (justíssima, aliás), veio “Happy”, trilha do filme Meu Malvado Favorito 2, que logo em seguida entrou em G I R L, álbum que conta com o bom gosto e o talento do cantor e produtor em músicas como “Marilyn Monroe”, aém de outras que contam com participações de Justin Timberlake, JoJo, Alicia Keys, Tori Kelly e outros especiais. 

Álbum: Sam Smith – In The Lonely Hour

 

Uma das principais novas vozes da música inglesa atualmente é Sam Smith, e depois de bombar absurdamente em 2013 com singles com o “Latch” e “La La La”, ao lado de Disclosure e Naughty Boy. Em In The Lonely Hour, pudemos perceber o lado intimista de Smith, com músicas como “Stay With Me”, “Lay Me Down” e “Leave Your Love”. O grande hit, sem dúvidas, é “Money On My Mind”, que recebeu grande divulgação com direito a clipe e lyric vídeo.

Álbum: Mac DeMarco – Salad Days 



Se em seu primeiro lançamento Mac Demarco teve seu lado um aparentemente triste, em Salad Days, seu disco de 2014, ele conseguiu soar como se nenhum problema atrapalhasse a sua vida. Podemos notar boas doses de Caetano Veloso e e Paul McCartney em faixas como “Let Me Baby Stay” e “Treat Her Better”. Pela sua recente passagem pelo Brasil, podemos ver que o garoto de dentes separados, que toca violão e canta feliz poderia ser um dos melhores caras que poderíamos ter conhecido. 

Vídeo: DJ Snake & Lil Jon – "Turn Down For What"

 

O lance do trap e do twerk terem invadido as baladas aqui e acolá resultou em bundas balançando por todos os cantos. E como somos ordinários e sabemos das vantagens do rebolado, nos encantamos ao ver o clipe de “Turn Down For What”, onde famílias de um prédio inteiro desabam de seus andares chacoalhando seus corpos sem nenhuma explicação. Como um ataque zumbi, mas com a bunda. Sem medo de ser tosco ou pouco conceitual, DJ Snake e Lil Jon emplacaram um hit e descolaram um clipe incrível. 

Álbum: ZHU – The Nightday EP

 

O Zhu foi bastante falado aqui no ObaOba esde que surgiu com “Moves Like Ms Jackson”, faixa que reúne quatro sucessos do Outkast em uma. Na época ele ainda não havia se apresentado devidamente e nos restava dúvida de quem era o sujeito. Mas ele se apresentou, e de quebra ainda lançou o EP Nightday, com seis tracks bem identificadas entre o uk garage e o deep house. Destaques para “Cocaine Model”, “Superfriends” e a já conhecida “Faded”, que recebeu os vocais de Sean Dee.
 

Álbum: Iggy Azalea – The New Classic

 

Dos vários discos lançados neste ano, este não é um dos melhores, definitivamente. Mas The New Classic, álbum de estreia da cantora australiana conta com os maiores hits deste ano até o momento, basta ir para as pistas para ouvir “Fancy” e “Change Your Life”, além de “Problem”, que não está no disco, mas conta com os vocais de Iggy. O que faz este disco ser especial é o fato dele marcar uma virada na música pop, sendo ele vindo de uma rapper braquela e bunduda, que agrada as patricinhas e esfrega o estilo bitch na cara da sociedade. Gostamos da Iggy por ela fazer parte de uma gração safada.  

Vídeo: Sia – "Chandelier"
 
 

Não sabemos exatamente o que aconteceu neste ano, mas a expressão artística feminina está com uma força tremenda, sendo elas responsáveis pelos principais trabalhos lançados em 2014 até o momento. Sia, que já teve seus altos ao lado de David Guetta, lançou em seu trabalho solo o sensível clipe de “Chandelier”, que contou com os passos de Maddie Ziegler, que com um body bege e uma peruca loira platinada, conseguiu ser a grande estrela do ano em matéria de vídeo clipes. 

Álbum: St. Vincent – St. Vincent

Vocalista, guitarrista, compositora, St. Vincent, em seu novo disco, transitou pelo rock e pelo pop com a mesma leveza que teve em seus últimos três álbuns, um deles com o reconhecimento e a participação de David Byrne (ex-Talking Heads). Um pouco mais excêntrica, Annie Clark (nome de batismo da cantora) brincou com o jazz e o krautrock no disco que leva o seu nome e que afirma o seu trabalho entre os melhores deste ano. 

Álbum: Swans – To Be Kind

A consagrada banda de post-punk norte-americana liderada por Michael Gira voltou a ativa em 2010, mas foi neste ano que eles lançaram o disco To Be Kind, que traz a ótima "Oxygen" e credenciou os mesmos para diversas listas de melhores do ano.

Álbum: Caribou - Our Love

O compositor e produtor musical canadense Daniel Victor Snaith, conhecido pelo nome artístico Caribou, com toda a certeza foi uma das melhores descobertas para muita gente ao lançar o álbum Our Love, que conta com a deliciosa faixa "Can't Do Without You".

Vídeo: Kendrick Lamar - "i"

Durante o ano o rapper Kendrick Lamar revelou a faixa "i", primeiro single desde o lendário álbum good kid, m.A.A.d city, de 2012. Porém, a canção que usa o sample de "That Lady", do The Isley Brothers, ganhou um destaque ainda maior quando o cantor lançou o clipe dirigido por Alexandre Moors and the Little Homies. O vídeo gerou críticas e elogios, por mostrar o cantor dançando e cantando enquanto diversos traços da cultura negra do subúrbio norte-americano eram apresentados.

Vídeo: Sharon Van Etten - "Every Time the Sun Comes Up"

Depois do sucesso do disco Tramp, de 2012, o tão aguardado álbum da cantora Sharon Van Etten não decepcionou os fãs. Em Are We There, quarto trabalho de estúdio, Sharon conseguiu mostrar a doçura e melancolia do cotidiano como poucas artistas. Porém, o grande destaque ficou por conta do clipe para a faixa "Every Time the Sun Comes Up". PS: o disco também tem as ótimas "Taking Chances", "I Love You, But I’m Lost", "Your Love Is Killing Me" e "Nothing Will Change".

Vídeo: Lorde - "Yellow Flicker Beat"

Em novembro, a cantora Lorde liberou o clipe da ótima "Yellow Flicker Beat", canção tema do filme Jogos Vorazes: A Esperança. No vídeo, a cantora aparece interpretando e dançando a canção em meio a cenários obscuros. Porém, o legal de tudo isso foi que a música serviu como um 'cala a boca' para quem achava que a cantora não repetiria o mesmo sucesso de "Royals".

 

Vídeo: alt-J - "Left Hand Free"

O trio britânico alt-J lançou neste ano o segundo álbum de estúdio, intitulado This Is All Yours. Mas foi com o excelente clipe para a divertida "Left Hand Free", dirigido por Ryan Staake, que o grupo ganhou destaque mundial.

Atualizado em 18 Dez 2014.

Por Rodrigo Guarizo / Leonardo Paladino
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

15 lançamentos de funk que prometem bombar no verão 2019

Entre no ano de 2019 com todos os hits do funk na ponta da língua

Verão 2019: músicas que vão bombar durante a estação

Os melhores hits para turbinar a sua trilha sonora para as altas temperaturas

10 bandas e artistas que são boas apostas do cenário brasileiro - e que você precisa ouvir

Ótimas novidades musicais que estão buscando os holofotes e não dá pra deixar de escutar

Os melhores clipes de 2018... até agora

Produções deslumbrantes que arrasam no figurino, coreografia e referências cruéis ao sistema

Dua Lipa, Twenty One Pilots e mais: 19 possíveis atrações do Lollapalooza Brasil 2019

A lista ainda passa por nomes como Florence + The Machine e Travis Scott

Só hits: as melhores músicas de 2018... até agora

Os melhores hinos nacionais e internacionais que fizeram a gente dançar até o chão

Cadastre-se para
NOVIDADES

Receba ofertas de
PASSAGENS

×
Receba novidades do Oba Oba

Whatsapp Guia da Semana
Receba nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas em seu Whatsapp

CADASTRE-SE

Notificações em seu PC ou celular
Receba notificações instantâneas com nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas

CADASTRE-SE

Ofertas de passagens
Receba as melhores ofertas e promoções de passagens aéares em seu Whatsapp.

CADASTRE-SE

Newsletter do Oba Oba
Dicas semanais para aproveitar o melhor que a cidade tem a oferecer.