10 práticas que você nem imagina que podem resultar em gravidez

Coisas simples - e inusitadas - que podem te salvar de muita dor de cabeça.

É aquela velha história: melhor prevenir do que remediar, né? Se você tem uma vida sexual ativa e não está a fim de engravidar, é bom sempre se prevenir e tomar cuidado com tudo o que você faz. Mas, além de usar camisinha e outros tipos de anticoncepcionais, existem algumas práticas que você nem imagina que podem te colocar em risco!

+ 10 experiências sexuais que todo mundo deveria ter uma vez na vida
+ 9 fatos e curiosidades sobre o sexo de quatro
+ 7 dicas pra lá de especiais para tornar o seu banho a dois mais romântico

Para você não ser pego de surpresa por uma gravidez indesejada, é bom dar uma olhada nessas 10 práticas que você nem imagina que podem resultar em gravidez. Coisas simples - e inusitadas - que podem te salvar de muita dor de cabeça:

1. Tomar antibiótico enquanto toma a pílula anticoncepcional

Sim, o antibiótico pode cortar o efeito da pílula anticoncepcional e isso pode resultar em uma gravidez. A culpa é da interação medicamentosa entre eles: o antibiótico diminui a concentração de hormônios presentes na pílula, que circulam no sangue, tornando-a ineficaz ou menos eficaz. Boa notícia: o efeito de pílulas anticoncepcionais de uso contínuo não é afetado!

2. Abrir o pacote de camisinha com o dente

Essa ação tão simples pode te causar grandes problemas no que diz respeito à prevenção de gravidez. Nem todo mundo sabe, mas ao abrir o pacote de camisinha com dente você pode danificar o látex do preservativo (mesmo que não seja um furo visível) e isso pode resultar em uma gravidez. Abra com os dedos, ok? Como se fosse um sachê de ketchup!

3. Transar (sem proteção) enquanto está menstruada

Pois é. O fato de você estar menstruada não é garantia de que você estará 100% livre de uma gravidez. Sexo sem proteção durante esse período pode ser arriscado, pois os espermatozoides podem viver dentro de você por dias e, se você tiver um ciclo menstrual curto, você pode estar sangrando e ovulando no mesmo período. Ou seja: você pode engravidar enquanto estiver menstruada sim!

4. Usar lubrificante à base de óleo juntamente com a camisinha

Existem muitos lubrificantes que você pode usar juntamente com a camisinha - mas os que são à base de óleo estão proibidos. Essa mistura não dá certo, pois esse tipo de lubrificante pode degradar o látex do preservativo e criar microfissuras,  o que aumenta (e muito) suas chances de ficar grávida.  

5. Masturbar-se um ao outro na banheira

Sim, seria algo bastante raro e improvável, mas existe uma pequena possibilidade de você engravidar se vocês se masturbarem em uma banheira (ou em uma piscina, que seria mais improvável ainda levando em conta o tamanho de uma). Qualquer líquido serve de veículo para levar os espermatozoides dele para sua vagina. Se ele gozar na água e você tiver o azar que os "meninos" dele se dirijam para a região da sua vulva, você pode ter um problema. Super raro, mas não custa tomar cuidado, né?

6. Você também pode engravidar já estando grávida

Pois é - esse fenômeno se chama superfetação. Apesar de ser incrivelmente raro, uma mulher grávida pode engravidar de um segundo feto se transar sem proteção. Isso acontece quando a mulher não para de ovular na gravidez. A mulher que passa por esse fenômeno precisa passar por dois partos diferentes, respeitando o desenvolvimento de cada bebê (já que nesse caso eles não foram concebidos juntos).

7. Transar (sem proteção) após procedimento cirúrgico contraceptivo

Estamos falando da vasectomia (para homens) e da laqueadura (para mulheres). Em ambos os procedimentos, há a interrupção dos canais do sistema reprodutivo (no homem, os canais deferentes e na mulher, as trompas uterinas). Apesar de ser um método muito bem recomendado para contracepção, existem casos em que essas estruturas voltam a crescer e a ligar-se - o organismo reverte o procedimento naturalmente e você volta a ter o risco de gravidez.

8. Transar (sem proteção) e tomar a pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte é uma contracepção de emergência, e por isso não é tão confiável quanto os métodos anticoncepcionais de prevenção. Ela diminui as chances de gravidez após uma relação sexual desprotegida, mas ainda é um grande risco. Se você tomar dentro de uma janela de 24h, ela tem 95% de chance de eficácia. Depois disso, a chance de prevenir uma gravidez indesejada tende só a abaixar.

9. Confiar na tabelinha para rastrear sua ovulação

O inferno de contar a gravidez por semana

É muito bom (e importante) ter conhecimento do seu corpo e do seu ciclo menstrual. Mas não dá para confiar na famosa "tabelinha" (que é quando a mulher conta os dias para determinar em qual período provavelmente estará ovulando). Ter relações sexuais confiando nesse método é arrisco pois vários fatores externos podem influenciar no seu ciclo - e fazer você errar nessa conta.

10. Confiar apenas em um método contraceptivo

Os profissionais recomendam o uso de métodos contraceptivos combinados (por exemplo, tomar a pílula anticoncepcional e usar camisinha), pois nenhum deles é 100% eficaz. Se é para ter certeza na hora de se prevenir, sempre bom não confiar em apenas um método de evitar a gravidez! 

Atualizado em 22 Ago 2016.

Por Redação ObaOba
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Motel em SP oferece experiências gastronômicas e tratamentos de SPA aos casais

Lush, localizado na região do Cambuci, oferece pacotes especiais para curtir a noite em casal

Stalking mode on: Tinder lança recurso que revela curtidas recebidas!

Função é parte do pacote de assinatura Tinder Gold, com o valor de US$ 4,99

Cadê os crush? 10 aplicativos de paquera que vão te ajudar a achar um novo mozão

Pra fazer contatinho, é só baixar o app da sua preferência ;)

Cruzeiro adulto visita lugares paradisíacos da Europa com áreas nudistas e festas eróticas; saiba mais!

Que tal convidar o crush para essa viagem, hein?

Dia do Orgasmo: 8 jeitos de comemorar a data com muito prazer a dois ou mesmo sozinho (a)

Um dia maravilhoso desses não pode passar batido, então partiu aproveitar o #DiadoOrgasmo com muito PRAZER

Sexy Hot lançará primeira série nacional com sexo explícito

"Mulher no Volante" estreia no canal em outubro