Pearl Jam no Rio de Janeiro 2018

O grupo conta ainda com a participação do Royal Blood como banda de abertura.

Este evento terminou

Pearl Jam no Rio de Janeiro 2018

Data Qua 21 Mar

Preço(s) A partir de R$ 110

Horário(s) Abertura dos portões: 16h | Horário Royal Blood: 19h30 | Horário Pearl Jam: 21h

Rua Professor Euríco Rabelo, sem número, 20271-150

Telefone (21) 2568-9962

O Pearl Jam se apresenta dia 21 de março, quarta-feira, no Maracanã. O grupo divide a noite com o duo Royal Blood, ambos são atrações do Lollapalooza Brasil 2018.
 
fã-clube oficial contará com pré-venda exclusiva entre os dias 06 07 de novembro. Clientes cartão Elo contarão com pré-venda exclusiva entre os dias 08 e 09 de novembro, começando 00hdo dia 08 pela internet, e 10h na bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – Km de Vantagens Hall RJ) e nos pontos de venda espalhados pelo Brasil. Para o público em geral, as vendas começam a partir das 08h do dia 10 de novembro pela internet e 12h na bilheteria oficial e pontos de venda espalhados pelo Brasil. 

Sobre o Pearl Jam

O ano de 2015 foi o marco de 25 anos de Pearl Jam ao vivo. A banda, depois do lançamento de dez álbuns de estúdio e centenas de shows únicos, continua a ser aclamada pela crítica e comercialmente bem-sucedida - com mais de 60 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo. Em abril deste ano (2017), o Pearl Jam foi induzido no Rock and Roll Hall of Fame.
 
O Pearl Jam lançou o 10º álbum de estúdio, Lightning Bolt, em outubro de 2013, pela Monkeywrench Records/Republic Records. Lightning Bolt foi premiado com um Grammy, estreou no 1º lugar da Billboard Top 200 e na 1ª posição do iTunes em mais de 50 países.
 
Em comemoração às lendárias performances de Pearl Jam no Wrigley Field nos dias 20 e 22 de agosto de 2016, durante a temporada histórica do Campeonato Mundial do Chicago Cubs, Pearl Jam lançou recentemente o documentário 'Let's Play Two' e o álbum de trilha sonora.

Sobre o Royal Blood

No fim de 2015, a Royal Blood tinha - em termos de álbum de estreia - basicamente conquistado o mundo. "Foi tudo florescente e excitante", relembra Mike. "Na época não estava claro para gente o que acontecia. É como quando você coloca um sapo na água e lentamente o cozinha, ele apenas vai morrer, ele não saberá que a temperatura está mudando. Éramos o sapo na água e estávamos furiosos. Estávamos apenas no modo de sobrevivência; Cada show estava ficando maior, fazíamos tudo pela primeira vez. Não havia um objetivo final, era do tipo "quando essa turnê vai parar?" Era como essa rampa que estava ficando cada vez mais íngreme e mais íngreme. Não houve nada baixo, foi muito emocionante. Nunca mais teremos essa experiência."
 
Então chega novembro de 2016, Ben e Mike – o Royal Blood - emergiram com How Did We Get So Dark?, um segundo álbum que os coloca lado a lado de Queens Of The Stone Age e Muse em termos de poder melódico enquanto refinam a dupla mística que mantém o Royal Blood na vanguarda do rock britânico do terceiro milênio.

Por Juliane Romanini
Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Maracanãzinho

Maracanãzinho

117m Ginásio esportivo

Bar dos Chico's

Bar dos Chico's

489m Pratos clássicos e cerveja sempre gelada são a pedida da casa, que também é tradicional ponto de encontro de torcedores que vão ao Marcanã

O Camarão Arte Bia

O Camarão Arte Bia

638m Pratos à base de frutos do mar são o forte da casa

Calabouço Heavy & Rock Bar

Calabouço Heavy & Rock Bar

672m Drinks e petiscos que homenageiam ídolos do Rock

Papo Inicial Bar e Botequim

Papo Inicial Bar e Botequim

754m Na região da Praça Varnhagen, o Papo Inicial atrai o público pela boa comida servida, como a seção de bruschettas no cardápio

Moais Snooker Bar

Moais Snooker Bar

890m No fervo dos arredores da Praça Varnhagen, Zona Norte do Rio, está o Moais, um bar para quem gosta de jogar sinuca e beber uma cerveja gelada

Notícias recomendadas

Shows especiais em São Paulo para o Dia dos Namorados 2018

Anavitória encontra Nando Reis, clássicos ao vivo de Chitãozinho & Xororó e muito mais

14 shows imperdíveis que acontecem no mês de junho em São Paulo

Atrações nacionais e internacionais trazem suas turnês mais recentes para a capital paulista

De Harry Styles a Simple Plan: mais de 20 shows imperdíveis em São Paulo em maio de 2018

E ainda tem Virada Cultural e festivais intensos na programação

Veja os shows imperdíveis da Virada Cultural 2018

Karol Conka, Jota Quest, Emicida, Projota, Elza Soares e muito mais na programação

Shows gratuitos que acontecem em São Paulo durante o feriado de 1º de maio

Simone & Simaria, Felipe Araújo, Henrique e Diego, Nego do Borel e Leonardo estão entre as atrações

11 shows imperdíveis que acontecem em abril em São Paulo

Demi Lovato, Radiohead, CeeLo Green, Falamansa, Gusttavo Lima e mais