Manual de sobrevivência da cervejada de faculdade

Confira algumas dicas que podem te salvar dos perrengues de uma cervejada!.

A cervejada costuma ser uma festa mais informal das faculdades, onde o que importa não é ter uma grande atração famosa na festa, mas sim a presença da bateria em peso representando o espírito e os hinos da faculdade! Acompanhando a bateria, o DJ é essencial para esse tipo de festa: muito funk (muito funk mesmo), brasilidades e um pouco de eletrônico para balancear. E claro que o open bar precisa ser caprichado, já que beber muito é meio que o objetivo dessa bagunça. 

+ Para as mulheres: dicas para sobreviver aos Jogos Universitários
+ Melhores festas de faculdade que rolam em São Paulo em 2015
+ 10 dicas para você se preparar para o trote universitário

A ausência de glamour da festa é compensada pela diversão, loucura e integração! Então pode deixar aquele look super arrumado no armário e prepare-se para se sujar - porque a cervejada não foi criada para ninguém sair bonitinho de lá!

Confira algumas dicas simples que podem minimizar os perrengues da cervejada e dobrar o seu aproveitamento:


1. O look

A roupa de cervejada é meio que o oposto de um look de balada. O jeans tem tudo a ver com a ocasião - é só jogar uma blusinha por cima de uma saia ou shorts que está ótimo! Roupas simples, confortáveis e casuais são os hits - já que a beleza de uma cervejada está na simplicidade!

Quer mais ideias de looks para festa de faculdade? Nós podemos te ajudar com isso!


2. O lamaçal

Conforme as horas vão passando, pior vai ficando o estado do chão da cervejada. Sabe aquele "chorume" que é normal de fim de balada? Uma mistura de suor, bebida e sujeira que zoa todo o sapato? Bom, pelo fato das cervejadas rolarem em ambientes mais rústicos, muitas vezes com espaço aberto, o chão fica mil vezes pior - um verdadeiro lamaçal. Vá preparado(a) com um tênis ou bota para sujar mesmo, e que (se for o caso) você possa jogar fora depois.

PS: Ir com as penas de fora é bem melhor! Porque tirar essa nojeira da barra da calça é difícil, viu?


3. A bateria

A bateria é o ponto alto da festa para os amantes da faculdade em questão. É nessa hora que o pessoal se agita, canta os hinos, o coração bate junto com o tambor e as bebidas são jogadas para o ar... Pera, as bebidas são jogadas para o ar? Isso mesmo! O bar até para de distribuir os copos na hora que a bateria entra, mas não tem como evitar a zona, todo mundo começa a jogar o que tem na mão para cima! Se você não está preparado(a) psicologicamente (nem fisicamente) para esse banho de bebida, fique o mais afastado que puder da pista quando a bateria entrar! Assim você evita aquela sensação grudenta na pele e no cabelo, preservando o look para o fim da noite.


4. O open

As cervejadas fazem jus ao nome: cerveja a rodo! Além disso, o open costuma incluir catuaba, jurupinga, shots de vodka e etc. Por isso, não é difícil ficar bêbada(o) e perder a noção na pista! A dica: cuidado para não exagerar logo no começo e perder metade da festa! Não é nada legar perder a classe e dar vexame, né? Essas dicas de como beber sem perder a classe podem te ajudar. Shots? NÃO!

PS: o bar sempre fica lotado e geralmente é difícil de pegar bebida, por isso é sempre bom pegar uns copos a mais para diminuir suas viagens até lá ;)


5. As bolsas

Por mais que alguns dos espaços tenham chapelaria, não é bom contar com isso! Para as mulheres, a melhor opção é levar só o essencial - documento, dinheiro, ingresso e celular - numa bolsa pequena, à tiracolo, e que não vai te incomodar durante a festa. Certifique-se que a bolsa tenha um fecho seguro (para você não perder nada no meio da bagunça).

 

Atualizado em 18 Jun 2015.

Por Luísa Celiberto
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

10 dicas essenciais para quem quer ir em trotes de faculdade

Mesmo você não sendo o calouro da vez, a bagunça é grande e é bom se preparar!

10 coisas que não vão te dar saudade quando você se formar na faculdade

Faculdade é bom, mas... Graças a Deus uma hora acaba!

15 coisas que você só vai entender se já foi um turista na sua própria sala de aula

Vivendo a vida no limite (das faltas)

13 coisas que só quem ama e defende sua faculdade pode entender

Seja você um(a) mackenzista, puquiano(a), unespiano(a), casperiano(a)...

Confira os Jogos Universitários que acontecem em São Paulo em 2017

Fique por dentro dos melhores campeonatos universitários que rolam ainda este ano

16 dramas que todo universitário enfrenta fazendo o TCC

AVISO: Neste 1 ano é capaz que você perca um pouco (ou muito) da sua sanidade física e mental